publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
 
Resultado da busca pela categoria "brasil":
23.Abr.2017 | 20:06
 
Jerry Adriani morre aos 70 anos no Rio de Janeiro
 

Foto: reprodução.
 

O cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda, morreu às 15h30 deste domingo (23), aos 70 anos, no Rio. Ele enfrentava um câncer e estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste. Recentemente, Jerry Adraini havia sofrido uma trombose em uma das pernas. O corpo do cantor será velado no Cemitério Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária do Rio, na manhã desta segunda-feira. O enterro será às 17h, no mesmo cemitério. Ícone da Jovem Guarda, Jair Alves de Souza nasceu em 29 do janeiro de 1947, no bairro do Brás, em São Paulo. Adotou o nome artístico de Jerry Adriani quando começou sua carreira como cantor, em 1964. O primeiro disco foi "Italianíssimo", quando cantava músicas em italiano, algo que seguiu fazendo em toda a carreira. Em 1965, o cantor passou a gravar em português, com músicas reunidas no disco "Um grande amor".


 
 
(0) comentário(s)
18.Abr.2017 | 17:44
 
Jornalista americano chora ao se referir à corrupção no Brasil; Assista
 

Foto: Reprodução / Vídeo.
 

Do L12 Sudoeste

Nunca na história desse pais se viu tanta corrupção. O novo capítulo da crise política no Brasil, com as delações de executivos da Odebrecht à Operação Lava, viralizou  em noticiários internacionais. Nesta semana, o influente  apresentador de rádio, cineasta e escritor norte-americano, Alex Jones, realizou uma emocionante análise sobre a corrupção no Brasil e mostrou sua indignação diante  da podridão da nossa politica, na qual demonstrou ser mais brasileiro do que muitos brasileiros que, ao invés de tentar reverter à situação, preferem viver culturalmente hipnotizados, na busca doentia de apoio àqueles que realmente lhes subtraem. Jones fez um ligeiro apanhado de como os políticos tratam os brasileiros, numa clara manifestação de que estamos totalmente largados. O apresentador embargou a voz e chorou ao vivo ao tratar do assunto. É doloroso de ver esta globalista e cultura artificial ser forçada em toda sociedade, e apenas ver a corrupção crescendo, e ver as pessoas vendidas, e chando que não podemos lutar. Em minha opinião, quando você vê a corrupção em lugar como o Brasil, não estou sendo hilário, mas você deve lutar, você deve levantar e caminhar com fé, você deve dar um passo adiante, você precisa dizer ‘não’... Perdoem, mas eu sempre odiei a esquerda, pessoas que machucam, que as tratam como animais, nesses casos sou uma pessoa extremamente agressiva, e isso simplesmente me tortura quando fico sabendo, todos os dias, que uma criança foi acometida, descubro que falta alguma coisa nos prontos-socorros, como se tua vida fosse sequestrada por esses caras, resumiu o norte-americano. Assista ao vídeo: 

 

 
 
(0) comentário(s)
13.Abr.2017 | 14:37
 
Senado aprova criação de documento que unifica RG, CNH e título de eleitor
 

Foto: Reprodução.
 

O Senado aprovou nesta terça-feira (11) a criação de um Documento de Identificação Nacional (DIN), que deve reunir as informações de identificação do cidadão, como o Registro Geral (RG), a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o título de eleitor. A matéria agora segue para sanção presidencial. O relator do texto, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), adiantou que o presidente Michel Temer vai vetar os artigos referentes ao documento. O projeto também prevê a criação de uma base de dados nacional com informações, chamada de Identificação Civil Nacional (ICN). As informações serão geridas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que garantirá o acesso à União, aos estados, ao Distrito Federal, aos municípios e ao Poder Legislativo. A integração da ICN ocorrerá ainda com os registros biométricos das polícias Federal e Civil. O DIN será elaborado com base das informações compiladas por meio da base de dados. “O objetivo é permitir que os números sejam compartilhados por diversas entidades governamentais, para dar mais confiabilidade aos nossos documentos. Sabemos que, hoje, sem dados biométricos, a carteira de identidade, que é extraída nos estados, muitas vezes acaba servindo à falsidade e a atos ilícitos”, comentou Anastasia.


 
 
(0) comentário(s)
11.Abr.2017 | 10:06
 
IBGE abre concurso para 1.038 vagas temporárias; FGV é a organizadora
 

Servidores fazem treinamento para o Censo Agropecuário (Foto: Reprodução / TV Mirante)
 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abre nesta segunda-feira (10) as inscrições do processo seletivo para 1.038 vagas temporárias em cargos de níveis médio e superior. Os salários vão de R$ 1,5 mil a R$ 4 mil. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a organizadora responsável pela seleção. As oportunidades são para o Censeo Agropecuário 2017. Os cargos de nível superior são para analista censitário nas áreas de agronomia, análise de sistemas nas especialidades de desenvolvimento de aplicações, desenvolvimento de aplicações - web mobile, suporter à comunicação e rede, suporte à produção e suporte operacional e de tecnologia, análise socioeconômica, biblioteconomia e documentação, ciências contábeis, geoprocessamento, gestão e infraestrutura, jornalismo, logística, métodos quantitativos, produção gráfica/ editorial, programação visual/ webdesign e recursos humanos. As vagas de nível médio são para agente censitário administrativo, agente censitário regional e agente censitário de informática. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais. Além da remuneração mensal, ainda haverá auxílio alimentação, férias e 13º salário. As inscrições devem ser feitas a partir das 14h do dia 10 de abril até as 23h59 do dia 9 de maio pelo site www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge-pss. A taxa varia de R$ 41 a R$ 78. A prova objetiva será aplicada na data provável de 2 de julho.

 


 
 
(0) comentário(s)
07.Abr.2017 | 11:35
 
Multas de trânsito pagas com atraso terão acréscimo de juros
 

Foto: Divulgação
 

Muitos motoristas ainda não sabem, mas as multas de trânsito e o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos (IPVA) pagos com atraso já têm acréscimos de juros. A medida entrou em vigor em todo Brasil em novembro de 2016, com a lei federal 13.281, mas só é percebida a partir de agora, quando começou a ser enviada a Notificação de Imposição de Penalidade (NIP) das infrações cometidas em novembro. Esse trâmite dura cerca de 90 dias, por isso as irregularidades cometidas em novembro do ano passado, só começaram a ser cobradas esse mês. O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) confirmou a cobrança de juros em caso de atraso no pagamento das multas emitidas pelo órgão. A lei prever a cobrança de juros de mora com base na taxa do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic). Com isso, o valor da multa será corrigido pela soma da taxa Selic dos meses em atraso somado ao percentual de 1,01%.


 
 
(0) comentário(s)
05.Abr.2017 | 10:53
 
Governo Dilma tem 3º pior PIB da história do país, mostra estudo
 

Foto: Reprodução.
 

Com a retração de 3,8% registrada no ano passado, o governo de Dilma Rousseff mantém a marca de terceiro pior crescimento econômico desde o início da República, segundo cálculos do economista Reinaldo Gonçalvez, professor da UFRJ. Desde 2011, o PIB brasileiro cresceu, em média, 0,9%. O número só é melhor que os resultados acumulados no governo Collor (-1,3%) e de Floriano Peixoto (-7,5%). Até 2014, a média do governo Dilma era de 1,6%. Agora, o desempenho da petista se distancia ainda mais do legado de seu antecessor: durante o governo Lula, o Brasil cresceu, em média, 4%. Já a administração de Fernando Henrique Cardoso teve crescimento médio de 2,3%, metade do registrado pelo antecessor Itamar Franco (5%). Para Reinaldo Gonçalves, o resultado do ano passado reforça o sentimento de que a crise se agravou em 2015. — O Brasil tem uma crise sistêmica com vetor político muito forte. Só pode entrar em reequilíbrio se tiver um movimento muito forte no campo político institucional. Aí joga as expectativas para outro campo — avalia o economista.


 
 
(0) comentário(s)
04.Abr.2017 | 13:04
 
Cantor Victor Chaves é indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais
 

Cantor Victor Chaves, da dupla Victor & Léo (Foto: Reprodução/TV Globo)
 

O cantor Victor Chaves, da dupla sertaneja Victor & Leo, foi indiciado por agressão pela PC-MG (Polícia Civil de Minas Gerais) nesta terça-feira (4). Aos 41 anos, o sertanejo é acusado de bater na própria mulher, Poliana Bagatini, que tem 29 e está grávida. O termo técnico da acusação contra Chaves é "vias de fato", de acordo com a polícia (leia nota na íntegra abaixo). A Lei de Contravenções Penais prevê pena de prisão, de 15 dias a 3 meses, ou multa caso o sertanejo seja condenado pela Justiça. O caso teria acontecido no apartamento dos dois e a mulher do sertanejo apresentou queixa depois do ocorrido. No documento, a companheira do sertanejo afirmou que depois de uma discussão com o marido, ele a jogou no chão e a chutou diversas vezes. Chaves também a teria impedido, junto com um segurança, de sair do prédio e a empresária só foi embora com a ajuda de uma vizinha, que ouviu a briga e a ajudou. Após a denúncia, Victor Chaves se afastou do The Voice Kids, programa no qual atua como técnico.

 


 
 
(0) comentário(s)
30.Mar.2017 | 18:27
 
Governo de Sergipe anuncia concurso para PM/SE; Edital sairá até maio
 

Foto: Reprodução.
 

A Polícia Militar do Estado do Sergipe (Concurso PM-SE) anunciou a realização de um novo concurso público para a carreira de soldado. O anúncio foi feito pelo governador do estado, Jackson Barreto. As vagas serão para candidatos de nível médio, o número exato de vagas ainda não foi confirmado, mas sabe-se que será aberto para ingresso no curso de formação com duração de 1.200 horas. A previsão da publicação do novo edital é para o primeiro semestre de 2017. Para concorrer é necessário ter entre 18 a 30 anos e altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens, além de CNH nas categorias 'B', 'C', 'D' ou 'E'. O regime de contratação do órgão é o estatutário (garante estabilidade), e a remuneração dos alunos no curso de formação será de R$ 1.040,68 mensais. Após o término do curso, o salário será de R$ 2.705,70.


 
 
(5) comentário(s)
30.Mar.2017 | 17:07
 
Eduardo Cunha é condenado a 15 anos de prisão
 

Foto: Marcelo Camargo
 

Sérgio Moro, juiz responsável pelos processos da Lava Jato, condenou hoje (30) Eduardo Cunha a 15 anos e 4 meses de prisão, informa o G1. "O condenado recebeu vantagem indevida no exercício do mandato de Deputado Federal, em 2011. A responsabilidade de um parlamentar federal é enorme e, por conseguinte, também a sua culpabilidade quando pratica crimes. Não pode haver ofensa mais grave do que a daquele que trai o mandato parlamentar e a sagrada confiança que o povo nele deposita para obter ganho próprio. Agiu, portanto, com culpabilidade extremada, o que também deve ser valorado negativamente", afirmou o juiz federal, citado pelo G1. “Entre os crimes de corrupção, de lavagem e de evasão fraudulenta de divisas, há concurso material, motivo pelo qual as penas somadas chegam a quinze anos e quatro meses de reclusão, que reputo definitivas para Eduardo Cosentino da Cunha. Quanto às penas de multa, devem ser convertidas em valor e somadas”, diz a condenação. Segundo o acórdão do juiz federal, Eduardo Cunha recebeu cerca de 1,5 milhões de dólares, atualmente cerca de R$ 4.643.550. Este valor foi usado como base para definir o ressarcimento para a Petrobras. “A corrupção com pagamento de propina de US$ 1,5 milhão e tendo por consequência prejuízo ainda superior aos cofres públicos merece reprovação especial. A culpabilidade é elevada. O condenado recebeu vantagem indevida no exercício do mandato de deputado federal, em 2011”, diz Moro. 


 
 
(0) comentário(s)
29.Mar.2017 | 17:35
 
Temer diz que sem Reforma da Previdência, Brasil pode paralisar em sete anos
 

(Foto: Beto Barata/PR.
 

Ao participar com investidores estrangeiros nesta quarta-feira (29) da conferência do Bank of America Merrill Lynch, em São Paulo, o presidente Michel Temer voltou a defender a aprovação da Reforma da Previdência para se manter a economia do país nos próximos anos. Segundo Temer, sem a Reforma da Previdência, o Brasil pode paralisar em até sete anos. "Se não fizer essa Previdência hoje, se não fizer agora daqui há três anos tem que fazer, porque senão daqui há sete nós paralisamos o país. É preciso aproveitar esse momento em que temos o apoio do Congresso Nacional, e precisamos cada vez mais entusiasmá-los que façamos esta reforma previdenciária, que não vai prejudicar ninguém. Há um ou  outro fato, questão dos trabalhadores rurais, dos deficientes, que eu compreendo. Nós podemos ainda negociar, de modo a aprovar uma reforma previdenciária." O presidente destacou que estatisticamente se não houver uma reforma previdenciária, em 2024 o país só vai ter verbas para pagar servidores públicos. "Nós estamos fazendo regras de transição, que permitem que, muito brevemente, as finanças públicas possam estar mais equilibradas e não possam gerar o que ocorreu na Grécia, em Portugal, na Espanha e na França, em que alguns em que foram obrigados a reduzir os valores das aposentadorias e reduzir os salários dos servidores públicos." Aos investidores estrangeiros presentes ao evento, Temer garantiu que eles podem voltar a investir, pois o país já está entrando nos trilhos novamente. Temer afirmou que a partir do segundo semestre e especialmente no último trimestre do ano, o desemprego estará combatido radicalmente, e que essa retomada ao combate ao desemprego e da sua efetivação já gera um clima de otimismo. "Aos investidores eu digo sem medo de errar podem investir no Brasil. O Brasil está tendo o rumo, está sendo colocado nos trilhos e quem vier depois de mim encontrará um país em que a locomotiva pode andar tranquilamente, porque os trilhos estarão colocados." De acordo com o presidente, a melhora do ambiente econômico no Brasil se deve ao trabalho em conjunto do governo federal com o Congresso, ressaltando que essa "interlocução plena" com os parlamentares será fundamental para a aprovação das reformas necessárias para a retomada do emprego e do crescimento do país. (Spuniknews)


 
 
(0) comentário(s)
29.Mar.2017 | 17:24
 
MPE pede cassação de Temer e inelegibilidade de Dilma
 

Foto: reprodução.
 

O Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a cassação do presidente Michel Temer (PMDB) e a inelegibilidade da presidente cassada Dilma Rousseff (PT), segundo fontes que acompanham as investigações. A manifestação da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), mantida sob sigilo, foi encaminhada na noite desta terça-feira (28) ao TSE. O julgamento da ação que apura se a chapa Dilma-Temer cometeu abuso de poder político e econômico para se reeleger em 2014 foi marcado para começar na manhã da próxima terça-feira. O TSE dedicará quatro sessões da semana que vem - duas extraordinárias e duas ordinárias - para se debruçar sobre o caso, que poderá levar à cassação de Temer e à convocação de eleições indiretas. Se os ministros do TSE seguirem o entendimento da PGE - ou seja, cassarem Temer, mas o deixarem elegível -, ele poderia concorrer numa eleição indireta. Procurada pela reportagem, a defesa de Temer informou que só se manifestará sobre o parecer no julgamento. A defesa de Dilma não se manifestou.

 


 
 
(0) comentário(s)
24.Mar.2017 | 10:42
 
Hong Kong retira do mercado a carne importada do Brasil
 

Países impõem restrições à carne brasileira após Operação Carne Fraca. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
 

Hong Kong anunciou nesta sexta-feira (24) que retirará do mercado a carne brasileira supostamente adulterada e procedente dos 21 estabelecimentos investigados na operação Carne Fraca. Um dos maiores mercados para a carne brasileira, Hong Kong já havia proibido no início da semana as importações de carne do Brasil, assim como a China continental. As autoridades afirmam que as exportações caíram de US$ 63 milhões diários a apenas US$ 74.000. O secretário de Saúde de Hong Kong, Ko Wing-man, anunciou a "retirada completa" de toda a "carne fresca, congelada e de ave" importada das fábricas no centro da crise. "Não pudemos eliminar completamente os perigos ocultos em termos de segurança alimentar", disse Ko aos repórteres para explicar sua decisão. Ko ressaltou que seis das fábricas afetadas no Brasil exportaram carne a Hong Kong e disse esperar que a ação devolva a confiança aos consumidores em relação à carne brasileira não proveniente das fábricas envolvidas no escândalo. (G1).


 
 
(0) comentário(s)
23.Mar.2017 | 15:24
 
Alemão que 'mora' no aeroporto de Cumbica diz que não agride mulheres: 'Não sou boxeador'
 

(Foto: Reprodução Tv Globo).
 

O turista alemão Stephan Brode, que está morando no Aeroporto Internacional de Guarulhos desde dezembro do ano passado, disse ao Jornal Hoje que não agride as mulheres que passam perto dele. "Eu não toco nas pessoas. Só faço isso no ar. Não bate, não sou boxeador". O prazo para ele sair do Brasil vence nesta quinta-feira (23). A Polícia Federal disse que Stephan Brode entrou legalmente no Brasil. Mas que o visto dele venceu na semana passada. Ele chegou a ser notificado que tinha 8 dias para deixar o Brasil. Caso ele não saia, pode ser deportado. Ele tem 44 anos e diz trabalhar como técnico de eletrônica na Alemanha. Vídeos do circuito interno de monitoramento do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, mostram um turista alemão agredindo mulheres. As vítimas não chegaram a dar queixa da agressão, mas funcionárias de companhias aéreas agredidas fizeram o registro. O diretor de Operações do Aeroporto de Guarulhos, comandante Miguel Dau, disse que não pode prender o alemão. "Eu não tenho instrumentos legais para fazê-lo. O que o aeroporto vem fazendo desde o início é sensibilizar as autoridades, o próprio Consulado Alemão, para que venhamos a dar uma solução", declarou. O Consulado Alemão informou que sabe do caso de Stephan Brode, que está oferecendo o apoio consular possível e cooperando com as autoridades brasileiras.

 

 
 
(0) comentário(s)
22.Mar.2017 | 20:57
 
Câmara aprova terceirização para todas as atividades. Entenda o que muda
 

Deputados de oposição protestam contra projeto. Z. RIBEIRO/CÂMARA DOS DEPUTADOS.
 

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira, o texto base do projeto de lei que libera o trabalho terceirizado em todas as atividades das empresas. Por 231 votos a favor, 188 contra e oito abstenções, a base aliada do Governo Michel Temer conseguiu ressuscitar o texto, proposto há 19 anos pelo Governo do então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e já aprovado no Senado. Depois da votação dos destaques, que deve acontecer ainda nesta noite, a nova lei seguirá para sanção do presidente Michel Temer. Centrais sindicais e deputados da oposição criticaram a medida, dizendo que ela fragiliza e precariza as relações de trabalho e achata os salários, dando mais poder aos empresários em detrimento do funcionário. Antes do projeto, a Justiça do Trabalho só permitia a terceirização em atividades secundárias – conhecidas como atividades-meio, que não são o principal negócio de uma companhia. Para o Planalto,  que tenta emplacar uma agenda de reformas de corte liberal sociais, trabalhistas e previdenciárias com o objetivo declarado de atrair investimentos e tentar equilibrar as contas públicas, a aprovação da lei de terceirização foi uma vitória. É a maior conquista parlamentar da base de Temer desde dezembro de 2016, quando foi a aprovada a emenda à Constituição dos gastos públicos, que limita as despesas dos Governos em até 20 anos. Czar das reformas, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, defendeu a aprovação do projeto, que, segundo ele, “ajuda muito porque facilita a contratação de mão de obra temporária, e facilita a expansão do emprego”. Meirelles se encarregou de discutir pessoalmente com as bancadas da Câmara e do Senado a importância das medidas. (EL PAÍS). 


 
 
(0) comentário(s)
22.Mar.2017 | 09:59
 
Temer cede: Estados e municípios estão fora da reforma da Previdência
 

Foto: Divulgação.
 

O presidente Michel Temer anunciou na noite desta 3ª feira (21.mar.2017) que a reforma da Previdência apresentada pelo Executivo disciplinará apenas o regime de aposentadorias de servidores federais. O peemedebista afirmou que a medida é uma forma de não invadir a competência de Estados e municípios em relação à edição de normas sobre a matéria. “Surgiu com grande força a ideia de que nós deveríamos obedecer a autonomia dos Estados, portanto, obedecer ao princípio federativo. E assim sendo, fazer uma reforma da Previdência apenas referentemente aos servidores federais”, declarou Temer, cercado de congressistas e ministros no Palácio do Planalto. Advogado constitucionalista, Temer sempre exalta a necessidade do fortalecimento do princípio federativo, conceito segundo o qual Estados e municípios são independentes da União. A medida, entretanto, atende a pressão de deputados e senadores da base aliada ao governo. Ao votar pela aprovação do projeto, considerado impopular pela população, os congressistas temiam não conseguir a reeleição no ano que vem. Com o anúncio do presidente, os congressistas se sentirão mais confortáveis em votar a favor da proposta, já que as regras contidas no texto não terão impacto em suas bases eleitorais nos Estados. O impacto das mudanças entre os empresários, porém, ainda é uma incógnita.


 
 
(0) comentário(s)
 
  • :
 
 
 
comentários
 
Centenas de mudas de árvores são destruídas após apreensão em Livramento
Claudio Meira
Agora sim, resolveram fazer justiça aos viveiros de Livramento, pois esse forasteiro a anos estava infiltrando...
 
Centenas de mudas de árvores são destruídas após apreensão em Livramento
Antonio Cleiton
Só tem de falar pra tal porteira porque não é portaria é mande o tal porteira ir até o cidAdão produz...
 
Centenas de mudas de árvores são destruídas após apreensão em Livramento
Neia Silva Neves
Que palhaçada. Destruir mudas de plantas? Isso é ridículo. O cara tava vendendo. Ele não roubou. Pra...
 
Centenas de mudas de árvores são destruídas após apreensão em Livramento
Marcello Gomes
Kd o crime ambiental Porque não a usaram em plantio na cidade Ridículo issl
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2017. Todos os direitos reservados.
 [email protected]