publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
 
Resultado da busca pela categoria "brasil":
25.Nov.2020 | 16:43
 
Bolsonaro não descarta prorrogação do auxílio emergencial
 

 

O presidente Jair Bolsonaro não descartou nesta terça-feira uma nova prorrogação do auxílio emergencial,- ajuda paga pelo governo federal aos vulneráveis até o final do ano como forma de enfrentamento ao novo coronavírus. Questionado em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada a respeito da possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial, que já foi estendido uma vez, o presidente respondeu: "Pergunta para o vírus... A gente se prepara para tudo, mas tem que esperar certas coisas acontecer... esperamos que não seja necessário", disse o presidente em um vídeo editado publicado nas redes sociais. "Espero que não seja necessário porque é sinal (de) que a economia vai pegar e não teremos novos confinamentos no Brasil", acrescentou. "A gente espera que não seja necessário e que o vírus esteja realmente de partida no Brasil, tá okay?", emendou.


 
 
(0) comentário(s)
24.Nov.2020 | 18:55
 
Objeto luminoso no céu chama a atenção de moradores em cidades do Nordeste
 

 

Do L12 Sudoeste
 

Um objeto luminoso foi visto na noite desta segunda-feira (23) nos céus de várias cidades do Nordeste Brasileiro. O objeto desconhecido despertou a curiosidade de populares, que registraram o fenômeno e divulgaram nas redes sociais. Mas não demorou muito até que o grande mistério fosse revaldo.

Do outro lado do planeta, na China, acontecia uma das mais importantes missões científico e tecnológico dos ultimos 45 anos. O lançamento da espaçonave LONG MARCH 5 levando a sonda Chang'e 4 aconteceu às 17h:30 no horário de Brasilia e 4h:30 no horário Chinês.

O objetivo do ambicioso da Agência Espacial Chinesa é pousar a sonda no Oceanus Procellarum, ou Oceano das Tempestades, na Lua, onde ela vai tirar 2kg de amostras de rochas lunares e trazer para a terra.

É bem rápida a missão. A sonda trazendo as amostras pousará na terra já no dia 17 de dezembro.

Durante o processo de subida ao espaço o LONG MARCH 5 queimava toneladas de hidrogênio líquido com oxigênio puro. A finalidade era escapar do campo gravitacional da terra, o que resultou na aparição de uma explosão brilhante nos céus aqui do Brasil.

A china espera montar uma estação de pesquisa lunar internacional e, finalmente, uma colônia humana na Lua por volta de 2030.

De acordo com a Agência Espacial Chinesa, o lançamento da Missão Chang'e 4 ocorreu com sucesso.


 
 
(0) comentário(s)
18.Nov.2020 | 11:03
 
Com aumento de mortes e casos de Covid-19, Brasil pode retomar isolamento social
 

 

Após uma lenta queda no número de casos e óbitos por coronavírus, observada nos últimos dois meses, o país voltou a ser assombrado pela pandemia. Estados de todas as regiões do país, como Rio, São Paulo, Mato Grosso, Acre e Paraná, observam as médias móveis de ocorrências e mortes até triplicarem nos últimos dias. Especialistas em saúde pública alertam que municípios em condições mais críticas devem reforçar medidas de isolamento social — uma iniciativa que, reconhecem, poderá ser recebida com resistência pela população, após meses de quarentena e à beira das festas de fim de ano. Em seu levantamento mais recente, divulgado ontem, o Imperial College de Londres constatou que a taxa média de transmissão (Rt) da Covid-19 no Brasil foi de 1,1 na última semana — ou seja, cada cem pessoas contaminadas contagiam outras 110. A taxa de contágio é uma das principais referências para acompanhar a evolução epidêmica do Sars-CoV-2. Desta vez, ela cresceu 0,33 e voltou praticamente ao mesmo patamar de duas semanas atrás.

Ontem, foram registrados 32.262 novos casos e 676 novos óbitos nas últimas 24 horas, totalizando 5,9 milhões de infectados e 166.743 vidas perdidas desde o início da pandemia, segundo boletim do consórcio de veículos de imprensa. A média móvel de mortes foi de 557, a maior dos últimos 35 dias, com tendência de alta em 14 estados. Trata-se de um crescimento de 45% em relação há 15 dias. A média móvel de casos, por sua vez, ficou em 29.674, 71% acima do que há duas semanas. Esse índice apresenta tendência de alta em 17 unidades da federação.
 
Leia mais...

 
 
(2) comentário(s)
10.Nov.2020 | 09:33
 
Anvisa interrompe estudos com Coronavac após 'advento grave'
 

 

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) suspendeu nesta segunda-feira (9) os estudos com a vacina Coronavac, imunizante contra a covid-19 parceria entre o governo do estado de São Paulo e o laboratório chinês Sinovac. A medida foi feita após uma ocorrência de "evento adverso grave". Segundo comunicado emitido pela Agência, o evento – não especificado – aconteceu em 29 de outubro. A decisão da suspensão da pesquisa acontece para que os estudos possam avaliar sobre a segurança e benefícios à saúde do possível imunizante antes da continuidade do estudo. O órgão esclarece ainda que este tipo de interrupção “é prevista pelas normativas da Anvisa e faz parte dos procedimentos de Boas Práticas Clínicas esperadas para estudos clínicos conduzidos no Brasil.” Em razão disso, nenhum novo voluntário poderá ser vacinado no Brasil. “A Anvisa reitera que, segundo regulamentos nacionais e internacionais de Boas Práticas Clínicas, os dados sobre voluntários de pesquisas clínicas devem ser mantidos em sigilo, em conformidade com princípios de confidencialidade, dignidade humana e proteção dos participantes”, diz a nota. 


 
 
(0) comentário(s)
30.Out.2020 | 14:07
 
STF: Fachin vota por derrubar isenção fiscal a agrotóxicos
 

 

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta sexta-feira (30) por derrubar a isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para agrotóxicos. O Supremo começou a julgar o assunto no plenário virtual, ambiente digital em que os ministros votam por escrito remotamente. De acordo com a Agência Brasil, o julgamento segue até 10 de novembro. Relator do processo, Fachin foi o único a votar até o momento. A renúncia fiscal relativa aos agrotóxicos foi questionada pelo PSOL em uma ação direta de inconstitucionalidade aberta em 2016. O partido argumenta que a medida incentiva uma maior utilização de defensivos agrícolas tóxicos, o que ameaçaria os direitos a um meio ambiente equilibrado e à saúde. A legenda pediu a derrubada do trecho do Decreto 7.660/2011 que incluiu na tabela de isenção de IPI 23 substâncias relacionadas a agrotóxicos. O partido também pediu a suspensão de duas cláusulas do Convênio 100/1997 do Conselho Nacional de Política Fazendária, que reduz em 60% o ICMS nas saídas interestaduais de inseticidas, fungicidas, formicidas, herbicidas, desfolhantes, dessecantes e outros produtos para uso agrícola. Segundo cálculos da Receita Federal, o impacto da renúncia fiscal relativa aos agrotóxicos sobre o orçamento público deste ano deve superar os R$ 100 milhões. Em defesa da renúncia, a Advocacia-Geral da União alegou que a derrubada dos dispositivos pode ter impacto negativo sobre a oferta e os preços dos alimentos. A renúncia fiscal por si só não estimula o uso indiscriminado e abusivo de agrotóxicos, prática que é fiscalizada e combatida pelo governo, argumentou o órgão. A Procuradoria-Geral da União manifestou-se favorável à derrubada da isenção fiscal sobre os agrotóxicos. Diversas outras instituições também foram ouvidas na ação, como a Fundação Oswaldo Cruz, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, diversos ministérios e entidades como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e a Associação Brasileira de Produtores de Soja.

 

Fachin adotou rito abreviado para a A Ação Direta de Inconstitucionalidade, levando o tema para deliberação de mérito diretamente pelo plenário do Supremo após ter recebido as diversas manifestações. A ação chegou a entrar em pauta duas vezes neste ano para julgamento por videoconferência, a última em 15 de outubro, mas a análise não chegou a ser iniciada, o que levou o relator a remeter o processo para o plenário virtual.

 

VOTO
“A utilização de agroto?xicos, ao acarretar riscos a? sau?de humana e ao equili?brio da fauna e da flora, mostra inafasta?vel a incide?ncia do princi?pio da precauc?a?o, que deve orientar o agir do Estado”, escreveu Fachin ao votar pela derrubada das desonerações fiscais.

 

Ele citou diversos estudos de entidades ouvidas na ação que apontam para os riscos dos agrotóxicos para o meio ambiente e a saúde humana, e considerou que o uso dessas substâncias não poderia, assim, ser incentivado pela isenção fiscal.

 

O ministro reconheceu ser legal e constitucional que o governo regule e fiscalize o uso de agrotóxicos, mas considerou ser “desconforme às normas constitucionais o seu fomento, em detrimento, ademais, de outras alternativas a? produc?a?o”.

 

Fachin discordou do argumento de que a derrubada da isenção fiscal poderia ter efeito direto sobre os preços dos alimentos para o consumidor final, pois “há uma série de fatores do mercado internacional que determinam sua cotação”, escreveu o ministro.


 
 
(0) comentário(s)
26.Out.2020 | 07:15
 
Brasil registra 231 mortes por covid-19 em 24 horas; total vai a 157.134
 

 

O Brasil tinha pelo menos 157.134 mortes por covid-19 até as 18h deste domingo (25.out.2020). São 231 vítimas a mais que no dia anterior. Os dados são do Ministério da Saúde. O país contabiliza 5.394.128 casos de covid-19, segundo a pasta. Acréscimo de 13.493 casos, em 24 horas. Cerca de 4,9 milhões de pessoas se recuperaram da doença até o momento. Outras 401 mil estão em acompanhamento.


 
 
(0) comentário(s)
22.Out.2020 | 02:15
 
Kassio Marques é aprovado pelo Senado e assumirá vaga no STF
 

Foto: Reprodução.
 

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (21), por 57 votos a 10, a indicação do desembargador federal Kassio Marques para assumir uma cadeira de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O jurista foi a primeira indicação do presidente Jair Bolsonaro para a Corte. Com a aprovação, Marques substituirá o ministro Celso de Mello, que se aposentou após 31 anos no STF. O tribunal é composto por 11 ministros. Além dos 57 votos favoráveis e 10 votos contrários, o placar registrou uma abstenção. No Senado, todas as votações relacionadas à indicação de autoridades são secretas, ou seja, a posição individual de cada parlamentar não é divulgada.


 
 
(0) comentário(s)
09.Out.2020 | 18:05
 
Gusttavo Lima e Andressa Suita anunciam separação
 

 

O cantor Gusttavo Lima e a modelo Andressa Suita anunciaram a separação nesta sexta-feira (9). Em um comunicado, eles disseram que o término aconteceu por "um desgaste normal da relação". Eles estavam juntos desde 2012 e se casaram em 2015. O casal tem dois filhos: Gabriel, de 3 anos, e Samuel, de 2 anos.


"Confirmamos que o cantor Gusttavo Lima está separado da modelo Andressa Suita. O término do casamento ocorreu após um desgaste normal da relação. Informamos que não houve nenhuma briga ou traição e que qualquer informação que esteja circulando nesse sentido é inverídica. O artista não comentará mais o assunto. A amizade, o carinho e o respeito continuam, além da missão maior, a criação e educação dos dois filhos do casal. Contamos com a compreensão e respeito de todos."


 
 
(0) comentário(s)
23.Set.2020 | 07:18
 
Auxílio Emergencial: Caixa paga nova parcela a 5,6 milhões de beneficiários nesta quarta
 

 

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta quarta-feira (23) mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 5,6 milhões de trabalhadores. Neste grupo, estão 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS é terminado em 5. Também fazem parte 4 milhões de trabalhadores, que fazem parte do Cadastro Único e aqueles inscritos por meio de aplicativo, site ou pelos Correios, aniversariantes em agosto. Para o público do Bolsa Família, a parcela paga já é a primeira referente ao Auxílio Emergencial Residual, de R$ 300. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa. Para os demais, seguem os pagamentos de R$ 600, e a ajuda será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados a partir de 13 de outubro.


 
 
(0) comentário(s)
23.Set.2020 | 07:08
 
Propaganda eleitoral começa oficialmente neste domingo, dia 27
 

 

Seguindo o Calendário Eleitoral das Eleições Municipais 2020, no próximo domingo, dia 27 de setembro, terá início a propaganda eleitoral. A partir desta data, os candidatos podem fazer propaganda na internet e dar início a passeatas de rua. Conforme especialistas no assunto, na internet o candidato poderá pedir expressamente voto, pagar impulsionamento e falar das propostas de campanha. "É permitido fazer propaganda na rua, como caminhadas, passeatas, carreatas, comício, reunião pública, distribuição de material gráfico, bandeiras e adesivos de carro”, explica. A distribuição de brindes proibida pela legislação eleitoral. "Distribuir camisetas, máscaras e bonés não pode ser feito por nenhum candidato”.

Rádio e TV

No dia 9 de outubro inicia o período de propaganda obrigatória eleitoral no rádio e na TV. A veiculação vai até 12 de novembro, para o primeiro turno, e até 27 de novembro para o segundo turno das eleições municipais.


 
 
(0) comentário(s)
23.Set.2020 | 07:03
 
Alerj vota nesta quarta impeachment de Witzel, que fará discurso em plenário
 

 

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vota nesta quarta-feira o impeachment do governador afastado Wilson Witzel. Caso dois terços dos 70 deputados, ou 47 votos, sejam favoráveis, a denúncia será enviada ao Tribunal de Justiça do Rio (TJ) para a formação de uma comissão mista de julgamento. Esse grupo, que dará a palavra final sobre a cassação de Witzel em até 180 dias, será conduzido pelo presidente do TJ e formado por cinco desembargadores sorteados e cinco deputados eleitos pela Alerj no dia 29. A sessão começa às 15h e deve se arrastar até a noite com a discussão dos deputados. Depois será a vez da defesa. Witzel fará um pronunciamento para rebater as acusações antes da abertura da votação. O gesto, no entanto, não deve alterar o quadro favorável ao impeachment. Mesmo deputados próximos do ex-juiz devem votar a favor. Para o cientista político Maurício Santoro, da Uerj, o discurso de Witzel deve mirar um futuro político hoje improvável. Ele lembra, porém, casos como o do ex-presidente Fernando Collor, cassado em 1992, que voltou à política como senador em 2006. — É raro você ter no Brasil uma carreira política encerrada por escândalo. Ele deve encarnar o papel do homem comum derrubado por mexer com interesses. Passados alguns anos, pode pleitear uma vaga no Legislativo, por exemplo — afirma.


 
 
(0) comentário(s)
21.Set.2020 | 11:39
 
Mãe e filho morrem vítimas da Covid-19 no intervalo de 8 horas
 

Foto: Reprodução / G1
 

Após ficarem internados na mesma ala de unidade de terapia intensiva em Xanxerê, em Santa Catarina, por quase duas semanas, mãe e filho diagnosticados com o novo coronavírus morreram em intervalo de oito horas. De acordo com o G1, a a professora Erenita Isotton, de 60 anos, morreu às 19h30 de sábado (19) e o filho dela, Ademar Isotton Júnior, de 32 anos, morreu às 3h30 deste domingo (20). Ambos tinham comorbidades. Eles eram funcionários públicos municipais: ela professora do ensino infantil e ele, motorista da Secretaria Municipal de Saúde. Até a tarde de sábado (19), Xanxerê tinha registrado 27 mortes por coronavírus e total de 2.017 diagnosticados, segundo último boletim do governo estadual. Em todo estado são mais de 205 mil casos confirmados e 2.635 mortes.


 
 
(0) comentário(s)
02.Set.2020 | 07:23
 
Bolsonaro anuncia auxílio emergencial de R$ 300 até dezembro
 

Foto: Reprodução.
 

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação do auxílio emergencial até dezembro, com parcelas de R$ 300. Mais de 65 milhões de brasileiros recebem o benefício durante a pandemia do novo coronavírus. "Seiscentos é muito para quem paga, no caso o Brasil. E podemos dizer que não é um valor suficiente para todas as necessidades, mas, basicamente, atende.  Então, até atendendo à economia, em cima da responsabilidade fiscal, fixar em R$ 300", disse Bolsonaro em entrevista coletiva no Palácio da Alvorada. Após cinco depósitos de R$ 600 de abril a agosto, ocorrerão mais quatro pagamentos com a metade do valor. O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo decidiu não deixar ninguém para trás e que a solução encontrada foi a melhor possível. Bolsonaro fez o anúncio após participar de café da manhã com parlamentares e integrantes do governo. O governo reduziu o valor do pagamento para amenizar o impacto no caixa da União. As cinco primeiras parcelas custaram cerca de R$ 50 bilhões mensais. A iniciativa de conversar com os congressistas antes de finalizar a proposta é mais um gesto de aproximação do presidente em relação ao Legislativo.


 
 
(0) comentário(s)
02.Set.2020 | 07:19
 
TSE libera candidatura de políticos que estariam inelegíveis até outubro
 

 

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta 3ª feira (1º.set.2020) que a mudança na data das eleições devido à pandemia beneficia candidatos que estariam impedidos de disputar o pleito com base na Lei da Ficha Limpa até outubro. Por maioria de votos, os ministros entenderam que os candidatos não estão mais inelegíveis com a alteração.


 
 
(0) comentário(s)
28.Ago.2020 | 09:13
 
Governador Wilson Witzel é afastado do cargo por determinação do STJ
 

Foto: Reprodução.
 

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) determinou o afastamento imediato do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), nesta sexta-feira (28). A medida tem validade de 180 dias. O STJ também expediu mandados de prisão contra o presidente do PSC, Pastor Everaldo, e contra o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico Lucas Tristão. Os advogados de Witzel enviaram nota sobre a determinação do STJ: "A defesa do governador Wilson Witzel recebe com grande surpresa a decisão, tomada de forma monocrática e com tamanha gravidade. Os advogados aguardam o acesso ao conteúdo da decisão para tomar as medidas cabíveis". A PF (Polícia Federal) faz a operação Tris in Idem na manhã desta sexta, desdobramento da Placebo, que investiga corrupção em contratos públicos do Executivo do Rio de Janeiro. Além de Witzel, o vice-governador do estado, Cláudio Costa (PSC) e o presidente da Assembleia Legislativa do estado, André Ceciliano (PT), são alvos da operação. 


 
 
(1) comentário(s)
 
 
comentários
 
Rio de Contas: Barragem Luiz Vieira está muito perto de sangrar
Durval Guimarães Tanajura
Explanação muito bem feita. Obrigado.
 
Com aumento de mortes e casos de Covid-19, Brasil pode retomar isolamento social
Alana M
Sim e preparem Livramentenses pelo pouco caso que fizeram com a covid durante a política , o preço ta...
 
Com aumento de mortes e casos de Covid-19, Brasil pode retomar isolamento social
José Sinval
Boa tarde. Concordo com vc plenamente Alana. Infelizmente o que se viu durante esse pleito eleitoral,...
 
População aprova gestão de Ricardinho e o reelege prefeito
Jose Sinval
Bom dia Embora respeitar a decisão da população livramentesse, pq estamos em um país democracia,...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2020. Todos os direitos reservados.
 sai@l12.com.br