publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
 
Resultado da busca pela categoria "brasil":
18.Ago.2017 | 18:07
 
Eclipse solar poderá ser visto do Sudoeste em 12% nesta segunda-feira (21)
 

Foto: Reprodução.
 

Os Estados Unidos se preparam para observar, na próxima seunda-feira, dia 21 de agosto, um eclipse total do sol de uma costa a outra do país, um fenômeno que não acontece desde 1918. Um eclipse solar total sobre uma parte mais limitada do país ocorreu em 1979. No dia 21 de agosto, a Lua passará entre o Sol e a Terra e produzirá uma sombra de cerca de 110 km de largura que se deslocará de Oregon, no noroeste do país, até a Carolina do Sul, no outro extremo, atravessando 14 estados em quase duas horas. Os observadores ficarão em plena escuridão no meio do dia durante mais de dois minutos, e poderão ver as estrelas e planetas no céu, assim como a coroa solar, normalmente invisível. Moradores de alguns estados das regiões Norte e Nordeste do Brasil poderão ver parcialmente o eclipse solar. Segundo o jornal O Globo, quem estiver no Macapá, no Amapá, terá o melhor ponto de observação entre as capitais. Lá eles poderão ver a Lua cobrindo 40,9% do Sol. Já na região Sudoeste da Bahia, a cobertura será de 12,6%, com início às 16h39. O máximo de cobertura será visto pelos sudoestinos às 17h17. Vale ressaltar que o sol nunca deve ser observado diretamente sem filtros solares oculares", mais conhecidos como "óculos de eclipses", nem através de óculos escuros, vidros negros fumados, películas ou negativos fotográficos e radiografias. A observação do eclipse solar de segunda-feira, apesar de parcial na Bahia, deverá ser acompanhada de procedimentos de segurança para evitar lesões na visão e, no limite, a cegueira.

 


 
 
(0) comentário(s)
16.Ago.2017 | 22:06
 
Caixa Econômica reduz teto no crédito imobiliário de 90% para 80%
 

Foto: L12 Sudoeste.
 

A Caixa Econômica Federal reduziu o teto dos financiamentos imobiliários de imóveis novos e usados. A redução vale para todas as modalidades, como Minha Casa Minha Vida, Pró-Cotista FGTS e SBPE (que usa recursos da poupança). No caso dos imóveis novos, o teto do financiamento caiu de 90% para 80%. No financiamento de imóveis usados, o percentual máximo do empréstimo foi reduzido para 70% ou 60%, dependendo da linha. As regras são diferentes para os clientes que financiarem seus imóveis usando a tabela Price ou o Sistema de Amortização Constante (SAC). Em nota, a Caixa informa que "redimensionou as cotas máximas de financiamento para adequação em relação à política de alocação de capital do banco". O banco disse também que fez um levantamento interno e que menos de 10% dos clientes que procuram o banco para conseguir um empréstimo serão impactados.

 


 
 
(0) comentário(s)
16.Ago.2017 | 08:28
 
Operação da PF cumpre mandados em desdobramento da Lava Jato no RS
 

Mais de 50 agentes da Polícia Federal participam da operação (Foto: PF/Divulgação)
 

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (16) cinco mandados de busca e apreensão em uma operação de combate a crimes de lavagem de capitais, evasão de divisas, crimes contra o sistema financeiro nacional e corrupção. A ação é o primeiro desdobramento da Operação Lava Jato no Rio Grande do Sul. Em território gaúcho, os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Porto Alegre, Canoas e Glorinha, as duas últimas na Região Metropolitana da capital. Também é cumprida uma ordem judicial de busca em Brasília, autorizado pela Justiça gaúcha. Ainda foram autorizados pela Justiça Federal o sequestro de bens e o quebra do sigilo dos investigados. Mais de 50 policiais participam da operação, que ganhou o nome de Étimo. A investigação é um desdobramento de uma operação realizada em março de 2016, quando foram cumpridos 108 mandados de busca. Com base nos dados obtidos, a PF conseguiu aprofundar as investigações sobre esquema envolvendo a lavagem de dinheiro por meio de entidade associativa ligada a grandes empreiteiras. Na época, um empresário foi preso em Porto Alegre. A entidade recebia das empreiteiras um percentual do valor de obras públicas realizadas no Rio Grande do Sul. Contratos de assessoria entre a entidade associativa e empresas de fachada eram utilizados para dar aparência de legalidade às operações financeiras de retirada de valores dessa entidade. A movimentação ilegal desses recursos, no Brasil e no exterior, sua origem e sua destinação, são objeto de investigação pela operação desta quarta-feira. (g1).

 

Polícia Federal faz buscas em Porto Alegre, Canoas, Glorinha e Brasília (Foto: PF/Reprodução)
 

 
 
(0) comentário(s)
11.Ago.2017 | 13:17
 
Temer visita MT em meio a protesto de caminhoneiros contra a alta no combustível
 

Temer subiu em colheitadeira em lavoura de algodão (Foto: Marcelo Souza/ TVCA)
 

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), chegou em Mato Grosso, nesta sexta-feira (11), em meio a protesto de caminhoneiros, que bloqueiam trecho da BR-163, em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, contra o aumento no preço do combustível decretado pelo governo federal. Segundo a concessionária que administra a rodovia, o trecho no km 686 está fechado desde as 6h. Temer desembarcou no aeroporto de Sinop, a 503 km da capital, junto com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e outros políticos mato-grossenses, entre eles o senador José Medeiros (PSD) e os deputados federais, Nilson Leitão (PSDB) e Victório Galli (PSC), e foi recebido pela prefeita da cidade, Rosana Martinelli (PR). Ela aproveitou a oportunidade para pedir ao presidente a celeridade nas obras de duplicação da BR-163. Depois, ele foi de helicóptero até a Fazenda Boa Vista, em Lucas do Rio Verde, para o lançamento da colheita de algodão no estado. Na propriedade rural, ele subiu em uma colheitadeira de algodão em uma lavoura. No evento, o presidente não discursou. (G1).

 

 

 
 
(0) comentário(s)
09.Ago.2017 | 06:27
 
Centrão avisa a Temer que não vai votar reforma da Previdência
 

 

Deputados do Centrão mandaram avisar ao presidente Michel Temer que não irão votar a reforma da Previdência Social, informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews. Líderes dos três principais partidos do centrão – PP, PR e PSD – afirmam que não há condições de aprovar a reforma, ainda mais depois do desgaste de terem votado contra o prosseguimento da denúncia contra Temer. Ainda mais em véspera de ano eleitoral. "Reforma da Previdência se vota no início de mandato. Em final de mantado, é muito perigoso colocarmos uma matéria dessa, ainda mais no momento em que estamos vivendo na Câmara dos Deputados", disse o líder do PR, José Rocha (BA). O Centrão quer deixar claro ao governo a insatisfação com o espaço político dado a partidos que não votaram majoritariamente a favor de Temer: PSDB e PSB. "O momento é muito delicado, não temos unidade na bancada para isso [votar a reforma]. Nós esperamos que o governo tenha um sentimento de reagrupação e senso de responsabilidade de saber quem realmente é base e quem não é", acrescentou o líder do PP, Artur Lira (AL). Líderes do Centrão alertam, ainda, para o fato de que há no meio político uma expectativa de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereça nova denúncia contra Temer por obstrução de Justiça. "A reforma tem que ser votada dentro de uma uniformidade da base, e o governo não tem essa uniformidade. A discussão da Previdência abre a porta para sociedade ir para as ruas, é tudo o que o governo tem que evitar diante de uma segunda denúncia", afirma o líder do PSD, Marcos Montes (MG).

O peso do Centrão

Juntas, as bancas de PP, PR e PSD somam 123 deputados. Na votação da denúncia, os três partidos deram 87 dos 263 votos a favor de Temer. Para aprovar a reforma da Previdência, o governo precisa de 308 votos. Por isso o governo tem usado o discurso de aprovar o texto "possível". O Planalto defende o parecer de Arthur Maia (PPS-BA), aprovado na comissão especial da Câmara. "A base da conversa começa com o relatório", observou o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco (PMDB-RJ). (G1).


 
 
(0) comentário(s)
06.Ago.2017 | 01:28
 
Torre Eiffel fica com as cores do PSG para dar boas-vindas ao craque Neymar
 

Foto: Reprodução.
 

A Torre Eiffel se pintou com as cores do Paris Saint-Germain neste sábado (5) para dar as boas-vindas ao atacante brasileiro Neymar. A homenagem é da prefeitura da capital francesa. “A Torre Eiffel serve regularmente para celebrar eventos esportivos. Com esse espírito, o monumento foi objeto de iluminação especial na Eurocopa 2016 e no Mundial de rugby”, declarou a prefeitura em comunicado. Neymar assinou contrato de cinco anos com o PSG na transação mais cara da história do futebol (222 milhões de euros). Neste sábado, o brasileiro já esteve no Parque dos Príncipes para acompanhar a vitória do seu novo clube pela primeira rodada do Campeonato Francês.


 
 
(0) comentário(s)
03.Ago.2017 | 17:02
 
Barcelona recebe R$ 821 milhões 'em casa', e Neymar é do PSG
 

Foto: Reprodução.
 

O último entrave para Neymar se tornar jogador do PSG está superado. Horas depois de a Liga Espanhola se negar a receber da cláusula de rescisão de 222 milhões de euros (R$ 821 milhões), os representantes do jogador e do clube francês fizeram o pagamento diretamente ao Barcelona. Juan de Dios Crespo, o mesmo advogado especializado em direito esportivo que esteve na sede de LaLiga mais cedo, acompanhado de representantes de Neymar, foram ao Camp Nou para, enfim, liberar o atacante de seu contrato com a equipe catalã, liberando-o definitivamente para acertar com o PSG. Na quarta-feira, Neymar comunicou sua saída ao Barcelona e já passou por exames médicos para acertar com o PSG. O atacante é esperado em Paris nesta quinta, para ser apresentado na sexta. Na França, receberá a camisa 10 que era de Javier Pastore. (ESPN).


 
 
(0) comentário(s)
02.Ago.2017 | 08:45
 
Neymar se despede do Barcelona e requer 222 milhões
 

O atacante do FC Barcelona Neymar Jr chega ao treino. Minutos depois ele informou aos colgas que está deixando o clube. Foto: Manu Fernandez/AP Photo.
 

O clube FC Barcelona confirmou, na manhã desta quarta-feira (2/8), que o atacante brasileiro Neymar da Silva Jr. informou aos companheiros que vai deixar o clube catalão. Ele, agora, segue as negociações com o clube francês Paris Saint-German, e deve se tornar o jogador mais caro na história das transferências de futebol. O atacante se apresentou nesta manhã na Cidade Esportiva Joan Gamper, onde ocorrem os treinos do clube. O anúncio teria sido feito minutos depois da chegada de Neymar, que foi visto saindo das instalações do treino por volta das 10h (5h em Brasília). “Neymar comunicou no vestiário que vai embora do clube e foi se despedir dos companheiros. O treinador deu a permissão para Neymar não treinar e resolver o futuro”, notificou o Barcelona. O jogador confia que o PSG vai finalizar a operação do pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros rapidamente. Aos 25 anos, o camisa 10 da seleção brasileira deseja ser eleito o melhor do mundo. Uma missão quase impossível com a concorrência do argentino Lionel Messi na sua atual equipe.


 
 
(0) comentário(s)
31.Jul.2017 | 18:24
 
Bolsonaro define seu partido para eleições presidenciais de 2018
 

Foto: reprodução.
 

A mudança foi confirmada pela assessoria de imprensa do deputado, mas ainda não foi finalizada. A transferência de partido deve ocorrer apenas durante a janela partidária, que permite os políticos mudarem de agremiação sem sofrer punições. A janela partidária está prevista para março de 2018, mas pode ser antecipada pela reforma política. Além disso, há outra mudança prevista. O PEN está buscando um novo nome, mas ainda não bateu o martelo. Em enquete publicada em sua rede social nesta segunda-feira (31), o PEN perguntou: "Qual desses nomes é melhor para o partido do [sic] Pré candidato à Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro?". Os dois resultados mais votados foram "Patriota" e "Prona". Bolsonaro aparece frequentemente nas pesquisas eleitorais como o segundo colocado nas intenções de voto, atrás apenas do ex-presidente Lula. Ele se diz decepcionado com o PSC, Partido Social Cristão, pela coligação feita como governador do Maranhão, Flávio Dino, do Partido Comunista do Brasil. (sputniknews).


 
 
(0) comentário(s)
29.Jul.2017 | 13:31
 
Lula lidera nova pesquisa de intenções de voto para 2018; Bolsonaro é segundo mais votado
 

 

Por Ailma Teixeira

Em mais um levantamento feito pelo Paraná Pesquisas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é apontado como o preferido pelos brasileiros para assumir a Presidência da República em 2018. O petista registra 25,8% das intenções de voto. Na sequência vem o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), que se mantém na segunda posição com 18,7% das intenções. Os eleitores que não votariam em nenhum candidato indicado na pesquisa representam 15,7% dos 2.020 eleitores entrevistados em todo o Brasil. O instituto ouviu eleitores com idade igual ou superior a 16 anos, de 24 a 27 de julho. Com grau de confiança em 95% e margem de erro de 2%, a pesquisa mostrou que 12,3% dos eleitores votariam em João Doria (PSDB); 8,7% votariam no ex-ministro Joaquim Barbosa; 7,1% em Marina Silva (Rede); 4,5% em Ciro Gomes (PDT); 3,9% dos eleitores não souberam responder; e 3,5% votariam em Álvaro Dias (PV). Conservador, Bolsonaro é visto por 31,2% dos eleitores como o candidato que mais representa o "anti-Lula" ou "anti-PT". Para 14,5%, o tucano Doria seria esse candidato. Outros 13,7% não souberam a responder a pergunta e 12,3% escolheram Marina Silva. Nas distinções por sexo, o levantamento mostra que enquanto Lula é o preferido de 28,9% das mulheres ouvidas, Bolsonaro seria eleito pelo eleitorado masculino com 25,6% dos votos. No quesito faixa etária, tanto o petista quanto o social-cristão teriam mais apoio dos jovens entre 16 e 24 anos. Cerca de 30,4% deste grupo votariam em Lula e 22,7% em Bolsonaro. Na distinção por escolaridade, o pré-candidato do Partido dos Trabalhadores teria o apoio de 32,8% do eleitorado com Ensino Fundamental. Bolsonaro, por outro lado, teria mais apoio dos eleitores com Ensino Médio, registrando 23,2% das intenções de voto deste grupo. Enquanto Lula seria mais votado porque aqueles que não declararam classe social, com 40,9%, Bolsonaro aparece como preferido das classes A e B com 21,6% das intenções. A pesquisa também ressalta que o maior eleitorado do petista estaria no Nordeste, onde Lula possui 41,2% das intenções de voto. Já Bolsonaro têm mais apoio no Norte e Centro-Oeste do país, com 27,7% das intenções. 


 
 
(1) comentário(s)
28.Jul.2017 | 13:30
 
Mais uma vitória dos bandidos! STF determina que furto de celular de até R$ 500 não é crime
 

Foto: reprodução.
 

Furtar aparelho de telefone celular pode deixar de ser crime. Vai depender do valor do aparelho: para os ministros do do Supremo Tribunal Federal, o furto de um aparelho de menos de R$ 500 encaixa-se no princípio da insignificância. O termo é aplicado quando o crime cometido é tão desprezível que não vale a pena acionar o direito penal. "Esse é um princípio muito utilizado com intuito de descarcerização e desafogar as varas criminais penais e esse é o entendimento da mais alta corte do país", afirmou o advogado Patrick Berriel. Nestes casos, o autor não pode empregar violência, ou ameaçar a vítima. O valor do celular furtado também não pode ser maior do que R$ 500,00. Mas será que R$ 500,00 são tão insignificante assim? Com esse valor uma pessoa é capaz de comprar uma cesta básica completa para alimentar uma familia inteira e com o troco dá ainda pra comprar mais 6,5 kg de carne. "Não importa o valor, crime é crime. De alguma forma ele furtou, então é crime", disse uma cidadã revoltada.O princípio da insignificância costuma ser aplicado no caso de furtos de pequenas mercadorias em estabelecimentos comerciais, como o furto de uma caneta, por exemplo. O promotor de Justiça Eduardo Paes é contra a aplicação do mesmo clitério em furtos de celular e rebate o argumento de que a medida serviria para diminuir a população carcerária. "Isso é uma construção que as pessoas procuram beneficiar o criminoso, onde se diz para tentar diminuir a massa carcerária e que não funciona na verdade, porque não é hiótese de prisão".


 
 
(1) comentário(s)
26.Jul.2017 | 13:00
 
Governo aprova CNH digital que poderá ser levada em celular
 

Contran aprova CNH digital (Foto: TV Globo).
 

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou nesta terça-feira a criação de uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital. O documento poderá ser salvo em smartphones e terá a mesma validade que a versão impressa. O novo formato deve entrar em vigor em fevereiro de 2018, e a versão em papel da carteira de habilitação continuará sendo produzida. Na versão digital, a verificação da autenticidade será feita através de certificados eletrônicos ou por leitura de QR Code (registro similar a um código de barras). Está em testes também um aplicativo para que agentes de trânsito possam consultar as informações do documento através de QR Code que é impresso nas habilitações em papel desde maio. Segundo o ministro das Cidades, Bruno Araújo, a validade do documento é igual ao da impressa porque já existe regulamentação sobre certificação eletrônica, que permite reduzir a burocracia. “Há um conjunto de padrões técnicos para suportar um sistema criptográfico que assegura a validade do documento. Com isso, quem esquece a CNH em casa, não estará sujeito à multa e pontos na carteira. Basta apresentar o documento digital”, disse. Dirigir sem a CNH é infração leve, e gera multa de 88,38 reais e retenção do veículo até a apresentação do documento.


 
 
(0) comentário(s)
19.Jul.2017 | 15:04
 
Lula tem R$ 606 mil bloqueados por ordem de Sérgio Moro
 

Foto: Reprodução.
 

Em 12 de junho, Lula foi condenado por Moro a 9 anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato. O Banco Central informou nesta quarta-feira (19) que bloqueou 606 mil reais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A determinação do bloqueio foi feita pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato. Além disso, foram confiscados três apartamentos, um terreno e dois veículos a pedido do juiz Sérgio Moro. O ex-presidente foi acusado de receber propina da empreiteira OAS em troca de favorecimentos em contratos com a Petrobras. Segundo acusadores, entre as vantagens recebidas estaria a compra e reforma de um apartamento tríplex no Guarujá, em São Paulo, que Lula nega ser de sua propriedade. A condenação é em primeira instância e, por isso, cabe recurso. Lula poderá recorrer em liberdade, mas, se for condenado em 2ª instância, ficará inelegível.


 
 
(0) comentário(s)
14.Jul.2017 | 16:36
 
Ministro da Saúde diz que 'médico tem de parar de fingir que trabalha'
 

Foto: José Cruz / Agência Brasil
 

O Ministério da Saúde vai usar a biometria para controlar a jornada de trabalho dos médicos que atuam na rede pública. A ideia é adotar o sistema em todas as unidades básicas de saúde para acompanhar horas trabalhadas e, simultaneamente, criar um controle de produtividade, com metas de atendimento. "Vamos parar de fingir que a gente paga médicos, e o médico parar de fingir que trabalha. Isso não está ajudando a saúde do Brasil", disse o ministro Ricardo Barros no lançamento do programa, em que estava o presidente Michel Temer. As metas de produtividade ainda estão em discussão. O plano inicial é estabelecer critérios de acordo com a atividade. Consultas, por exemplo, deverão obedecer ao padrão recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e ter, no mínimo, 15 minutos de duração. Os critérios adotados de forma conjunta têm como objetivo evitar, por exemplo, que o profissional apresse o atendimento para ir embora mais cedo, informou Barros. "Um médico que tem quatro horas de jornada, por exemplo. Ele pode dedicar cinco minutos para cada paciente e ir embora. Temos de ter uma média de desempenho." Aqueles que não cumprirem a jornada de trabalho estarão sujeitos a processo administrativo. A biometria integra uma das políticas ditas por Barros como prioritárias de sua gestão: a informatização do SUS. Para tentar acelerar esse processo, a pasta deverá arcar com 50% dos gastos de prefeituras com a contratação de empresas de informática. A meta é de que todas as unidades básicas estejam informatizadas até o fim do ano. O Ministério da Saúde não soube informar quantos serviços contam atualmente com biometria. Experiências foram relatadas em Goiânia, Maceió e na cidade paranaense de Pinhais. De acordo com Barros, onde o sistema já está em funcionamento metade dos médicos pede demissão. "Eles têm vários trabalhos e acabam abandonando o serviço quando há maior controle da jornada", disse. De acordo com Barros, a média de comparecimento de médicos identificada até o momento é de 30%. "Isso vai mudar com a biometria". Ele disse ainda que a jornada de trabalho desrespeitada acaba criando uma sobrecarga de demanda em hospitais. "Lá o paciente sabe que vai encontrar médico." Ele admitiu, no entanto, que a simples adoção da biometria não será suficiente para reduzir vazios assistenciais. Assim que profissionais começarem a pedir demissão para fugir de maior controle, prefeituras terão de ofertar salários mais atraentes - isso explicaria a frase: "a gente finge que paga". O Conselho Federal de Medicina (CFM) classificou as declarações como pejorativas, inadequadas e reflexo da incapacidade de autoridades em responder às necessidades da população. A Federação Médica Brasileira atribuiu as críticas ao "desespero de tentar salvar um governo afundado em denúncias de corrupção". A Associação Médica Brasileira (AMB) cobrou retratação e disse que o "ministro mostra absoluta falta de conhecimento sobre funcionamento e entraves do sistema". Na mesma linha, Lavínio Nilton Camarim, presidente do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp), destacou que no interior "profissionais têm tido a tolerância de ficar até quatro meses sem remuneração" e o governo tenta passar para os médicos "a responsabilidade de um mau atendimento". Para o presidente do CFM, Carlos Vital, as afirmações de Barros são lastimáveis. "Não é justo com a classe médica". Vital disse não ser contrário à adoção da biometria, mas observou que a medida, se de fato implementada, deveria valer para todos os funcionários. Já a opinião sobre as metas de produtividade, no entanto, não é a mesma. "Profissionais têm responsabilidade. Eles sabem exatamente o que tem de ser feito, não se arriscam de forma a colocar em risco o paciente". (Lígia Formenti e Carla Araújo | Estadão Conteúdo).


 
 
(0) comentário(s)
12.Jul.2017 | 16:42
 
Ex-presidente Lula é condenado por Moro a 9 anos e seis meses de prisão
 

© AFP 2017/ NELSON ALMEIDA.
 

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado quarta-feira a nove anos e seis meses de prisão em conexão com o escândalo de corrupção maciça centrado na petrolífera estatal Petrobras. Tanto o veredicto de culpa como a sentença - que estão sujeitas a recurso - foram proferidas pelo juiz Sergio Moro, que supervisiona a extensa investigação da Petrobras. Moro encontrou o ex-presidente do ex-presidente culpado de ter aceitado serviços avaliados em 3,7 milhões de reais (US $ 1,1 milhão) de uma empresa de construção que se beneficiou de contratos com a Petrobras. As acusações basearam-se na alegação de que Lula era o verdadeiro dono de um triplex à beira-mar perto de São Paulo registrado em nome da OEA, uma das empresas de engenharia envolvidas em subornar executivos da Petrobras para garantir contratos inflados e desviar algum dinheiro extra para políticos que Forneceu cobertura para o enxerto. Lula, que governou o Brasil de 2003 a 2011, supostamente aceitou reformas ao apartamento de luxo como recompensa por dar à OEA o caminho interno nos contratos governamentais. O ex-chefe de Estado nega que ele já possuía o apartamento, muito menos se beneficiou de melhorias na propriedade. Lula enfrenta quatro outros julgamentos de corrupção que poderiam descarrilar sua tentativa de recuperar a presidência em 2018, embora ele permaneça elegível para correr até e a menos que uma condenação seja confirmada em recurso. Os legisladores brasileiros estão atualmente ponderando se deve permitir que um processo criminal prossiga contra o presidente em exercício, Michel Temer, acusado de aceitar subornos do gigante JBS e empurrar essa empresa a pagar silêncio em dinheiro para um ex-legislador condenado no início deste ano em conexão com O esquema da Petrobras. Essas alegações decorrem do testemunho de argumentos dos executivos da JBS, incluindo uma gravação de áudio em que Temer parece dizer ao presidente da empresa, Joesley Batista, que os pagamentos ao ex-presidente da câmara baixa do Congresso, Eduardo Cunha, precisavam continuar impedi-lo de virar Evidência do estado.

Temer negou veementemente qualquer irregularidade.

Os executivos da JBS também disseram aos promotores como parte do testemunho da alegação de que a empresa pagou dezenas de milhões de dólares aos dois predecessores imediatos de Temer, Dilma Rousseff (expulso por impeachment no ano passado) e Lula, em troca de favores políticos.


 
 
(1) comentário(s)
 
  • :
 
 
 
comentários
 
Acidente entre carro de passeio e ônibus da Novo Horizonte parado na pista deixa vítima fatal
Mariana Santos
Muito difícil tudo que acontece com essa empresa, o que parece é que a empresa não está muito preparada,...
 
Acidente entre carro de passeio e ônibus da Novo Horizonte parado na pista deixa vítima fatal
Adriano
Cade a a fiscalização? Q so sabe fiscalizar as Vans q faz transporte alternativos! (Essas q na maioria...
 
MP abre inquérito contra Prefeitura de Livramento para exigir serviços na área de saúde
Diego
Que Absurdo! Se não bastasse o que fazem com o pessoal do concurso!
 
Livramento: Ministério Público irá processar prefeito pela ausência de nomeação de concursados, afirma Promotor
Daniel Silva
vereadores não são prestadores de serviço de ambulância, e de dar remédio, e nem de ficar fazendo favor,...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2017. Todos os direitos reservados.
 [email protected]