publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
 
Resultado da busca pela categoria "mundo":
14.Dez.2017 | 11:33
 
Quebrar perna e não notar: revelado segredo da família italiana que não sente dor
 

Foto: Reprodução.
 

Uma idosa italiana, bem como suas duas filhas e três netos, não sente dores devido à mutação no gene ZFHX2, responsável pela coleta da maioria dos componentes de receptores da dor das células nervosas. "Se os membros dessa família quebram uma mão ou perna, eles inicialmente sentem pouca dor, mas ela vai embora em breve. Por exemplo, Leticia quebrou seu ombro enquanto estava esquiando, mas não notou e continuou esquiando. Apenas dias depois ela descobriu sobre a fratura", disse o cientista James Cox. No genoma humano e de outros animais com sistema nervoso ramificado, há dezenas de genes responsáveis pela interação com o meio ambiente e elaboração dos sinais de ameaça. O sinal mais eficaz é a dor, que ajuda as pessoas a guardar na memória os objetos perigosos para evitá-los no futuro. Se esses genes param de funcionar, o ser humano deixa de sentir dor. Cox e os seus colegas revelaram os segredos genéticos da família italiana: a avó de 78 anos, suas filhas de 50 anos e dois netos adolescentes não sentem dor. Durante muitos anos, médicos não puderam entender o fenômeno da família. Para responder a essa pergunta, eles estudaram o seu DNA e a estrutura de todos os genes ligados à dor. Foi revelado que o "superpoder" trata-se de uma mutação no gene ZFHX2 que desempenha o papel de uma espécie de regulador de sensibilidade das células nervosas a estímulos de dor diferentes, informou a revista Brain. Segundo Cox, essa descoberta ajudaria os cientistas a criar medicamentos para suprimir a dor e "desligá-lo"temporariamente. Quanto à família italiana, os cientistas propuseram-na reverter esse processo e devolver aos seus membros a sensação de dor, mas eles se recusaram.


 
 
(0) comentário(s)
09.Dez.2017 | 20:42
 
Russia pretende lançar raio laser direto da lua projetado para a terra
 

Foto: Ilustração.
 

Rússia planeja enviar uma capsula espacial para a Lua que se tornará o primeiro farol no satélite da Terra. Ao chegar à Lua, o sistema russo Luna 25 lançará um raio de laser ao nosso planeta para indicar o ponto exato de sua localização. Isso, por sua vez, permitirá que outros módulos lunares identifiquem sua posição de modo mais preciso. O sistema se baseará em faróis de laser desenvolvidos no âmbito do programa espacial federal, explicam seus criadores ao jornal Izvestia. Planeja-se que a cápsula russa aterrissará perto do polo sul da Lua — na zona considerada ser mais favorável para estabelecimento de uma base lunar habitável. Aí deverá ser instalado o farol de laser que provavelmente será o único nos próximos anos, informa o jornal. Inicialmente, os faróis se destinavam a indicar a posição precisa da cápsula. Mais tarde, os cientistas decidiram utilizá-los para criar um sistema de navegação no satélite. A luz emitida pelo farol poderá observar-se da Terra com um telescópio. "Um mapa que mostrará a longitude e latitude servirá para explorar melhor o satélite natural. Assim será possível escolher os lugares para futuras alunagens, projetar rumos para os veículos lunares e planejar voos espaciais tripulados", explica o especialista em astronáutica, Vitaly Egorov. O lançamento de Luna 25 está previsto para 2019, e o primeiro voo de Luna 26 já está marcado para 2021. (Fonte: Sputnik)


 
 
(0) comentário(s)
03.Dez.2017 | 20:14
 
Envio de caças americanos para a Coreia do Sul aumenta a tensão na região
 

Caças F-22 estão entre as aeronaves de combate enviadas pelos EUA para a Coreia do Sul - U.S. Air Force photo/Senior Master Sgt. Thomas Meneguin / WIKIPÉDIA
 

As tensões na Península Coreana escalaram neste fim de semana com o desembarque de modernos caças americanos para exercícios conjuntos com forças sul-coreanas. Em comentário publicado no jornal estatal “Rodong Sinmun”, Pyongyang classificou a movimentação militar planejada para esta semana como uma “provocação perigosa” que leva a região para a “beira de uma guerra nuclear”. Um oficial da Coreia do Sul confirmou à CNN que os EUA estão enviando dezenas de caças de última geração, indetectáveis por sistemas de radar, além de bombardeiros e aviões de apoio. Os exercícios irão reunir cerca de 230 aeronaves e 12 mil militares americanos e sul-coreanos, segundo comunicado divulgado pela Força Aérea americana. Os aviões americanos que pousaram na Coreia do Sul incluem seis F-22, seis F-35 e seis EA-18G — afirmou a fonte. — Mais de dez F-15C e F-16 também foram enviados para o exercício. As aeronaves irão ficar na Coreia do Sul durante toda a semana, e serão reforçados por mais caças F-35 da Marinha, baseados no Japão, além de bombardeiros B-1 e aviões de comando e controle E-3, que chegarão à região para participar do treinamento e depois retornarão a suas bases. Para especialistas, é a presença dos caças F-22 e F-35 que mais preocupa Pyongyang.  Leia mais...


 
 
(1) comentário(s)
22.Nov.2017 | 07:17
 
Número de terremotos só aumentará, dizem cientistas
 

Foto: Reprodução.
 

Os cientistas dos EUA revelaram que o mundo enfrenta uma ameaça extremamente perigosa: o número de terremotos intensos aumentará ainda mais em 2018. A intensificação da atividade sísmica ocorrerá devido à diminuição da velocidade de rotação da Terra, explicam os especialistas citados pelo jornal The Guardian. No entanto, até o momento eles são incapazes de determinar a razão certa de tal correlação. Tal conclusão foi feita pelos pesquisadores da Universidade de Colorado em Boulder e da Universidade Estadual de Montana, que analisaram os terremotos ocorridos no século XX. Durante seu estudo, eles determinaram que o número de terremotos intensos duplicava-se nos períodos de diminuição da rotação do nosso planeta. Neste contexto, os cientistas avisaram que no próximo ano podem ocorrer 20 terremotos de magnitude maior que 7. De acordo com suas previsões, as áreas mais afetadas serão as regiões tropicais do planeta onde habitam mais de um bilhão de pessoas.


 
 
(1) comentário(s)
14.Nov.2017 | 16:21
 
15 mil cientistas advertem sobre destino terrível da humanidade
 

Foto: Reprodução.
 

O desmatamento, a perda de acesso à água doce, a extinção de espécies e o crescimento da população humana são as principais causas da situação preocupante em que a humanidade se encontra. "Desde 1992, as emissões de CO2 subiram 62% e a temperatura global aumentou 29%, enquanto a diversidade da fauna de vertebrados caiu 29%", disse William Ripple, um ecologista da Universidade do Estado do Oregon, EUA, e coautor do artigo. Nos últimos 25 anos foi registrada uma redução de 26% de água doce disponível por pessoa, um aumento de 75% das zonas mortas nos oceanos e uma perda de 120 milhões de hectares de áreas florestais. "Essas são tendências alarmantes. Precisamos dos meios proporcionados pela natureza para a nossa própria sobrevivência", disse ele. Ao mesmo tempo, foi revelada uma tendência positiva na recuperação da camada de ozono, graças ao protocolo de Montreal, assinado nas Nações Unidas em 1987. O artigo recentemente divulgado atualiza a primeira Advertência dos Cientistas à Humanidade, publicada em 1992, há 25 anos. "Fizemos a atualização porque queríamos que o público soubesse onde nos encontramos hoje", afirmou Ripple. "A mudança climática está aqui, é perigosa e tem tendência a piorar", disse o cientista sueco Johan Rockstrom. Estima-se que as emissões de CO2 nos EUA aumentem 2,2% em 2018. As emissões da China e da Índia também continuam crescendo, embora a um ritmo mais lento que alguns anos atrás. "Em breve será tarde demais para mudar o rumo da nossa trajetória descendente. O tempo está se esgotando. Devemos reconhecer em nossa vida cotidiana e em nossas instituições de governo que a Terra é o nosso único lar", lê-se no artigo.  O artigo enumera uma série de medidas possíveis para travar as tendências ambientais preocupantes, incluindo a criação de mais parques e reservas naturais, a contenção do tráfico ilegal de animais. Devemos também fazer uma alimentação baseada em vegetais, ampliar programas de planejamento familiar e educação para mulheres, bem como adotar energias renováveis e outras tecnologias "verdes". "Trabalhando juntos, podemos fazer um grande progresso para o bem da humanidade e do planeta", conclui o artigo. (Fonte: Sputnik).

 

 
 
(0) comentário(s)
13.Nov.2017 | 17:48
 
Caso de bebé mexicano de 28 kg intriga médicos
 

Isabel Pantoj, de 24 anos, segura seu filho Luis Gonzales na cidade de Colima, México (Foto: Pedro Pardo/AFP)
 

Luis Manuel Gonzales tem apenas 10 meses, mas tem o peso de uma criança de oito ou nove anos: pesa 28 kg. O caso do bebé mexicano está a intrigar os médicos, já que nasceu com um peso normal, 3,5 kg e não parece comer demasiado. Luis nasceu em 15 de dezembro de 2016, com 3,5 kg e 52 cm, quase o mesmo peso e altura que o irmão mais velho tinha quando nasceu. Mas menos de um ano depois, Mario já parece pequeno ao seu lado. Aos 2 meses, Luis pesava 10 kg. Os pais de Luis Manuel criaram uma página no Facebook e uma conta bancária para receber doações que os ajudem a custear as despesas médicas. Os dois se revezam para levar o bebê ao hospital, onde ele realiza exames de sangue frequentes. A preocupação dos pais de Luis Manuel aumentou quando um pediatra disse que o bebê poderá precisar de injeções de hormônios no valor de US$ 555 cada. (AFP).

 

 
 
(0) comentário(s)
13.Nov.2017 | 12:58
 
Cientistas revelam novo método rejuvenescedor de células humanas
 

Foto: AFP
 

Uma nova pesquisa descobriu um método para reviver as células velhas do organismo, um avanço que poderia mudar radicalmente o processo de envelhecimento humano. Um grupo de cientistas da Universidade de Exeter e da Universidade de Brighton (Reino Unido) encontrou uma fórmula para rejuvenescer células humanas e fazê-las dividir-se novamente. De acordo com o estudo, publicado na revista BMC Cell Biology, as células rejuvenescidas não apenas parecem jovens, mas também se comportam da mesma forma que as células jovens. A cientista Eva Latorre descreveu o resultado inesperado do estudo: "Quando vi o rejuvenescimento de algumas células no prato de cultura, não pude acreditar." "Essas células velhas são iguais às células jovens. Foi como um milagre. Repeti o experimento várias vezes e as células rejuvenesceram em todas as tentativas. Estou muito animada com as implicações e o potencial desse estudo", afirmou ela. A pesquisa baseia-se nos resultados preliminares que mostraram que os genes conhecidos como "splicing alternativo", cruciais para o pleno funcionamento do organismo, são desativados à medida que envelhecemos. Agora, os cientistas descobriram uma maneira de reiniciar essa função através de intervenção química. De acordo com os pesquisadores, seu método poderia mudar o processo de envelhecimento, dando-nos a oportunidade de experimentar menos degeneração durante esse processo. Hoje em dia, os idosos são mais propensos a sofrer acidentes vasculares cerebrais, doenças cardíacas e outras enfermidades, mas se um rejuvenescimento celular for alcançado, será possível reduzir muitos desses riscos. (Sputnik)


 
 
(0) comentário(s)
10.Nov.2017 | 07:21
 
Uber e NASA vão longe na criação de táxi voador (VÍDEO)
 

© flickr.com/ All AutoExperts.
 

A NASA e a empresa de táxi Uber estão cooperando na criação de táxi voador. Os planos futuristas do Uber foram anunciados pelo diretor de produto da companhia, Jeff Holden, em uma cúpula em Lisboa na quarta-feira (8). Os carros vão voar em cidades ao redor do mundo depois de passarem por testes, que serão iniciados em 2020. Três cidades – Dallas, Los Angeles e Dubai – foram selecionadas para testar os carros voadores, e a NASA deverá verificar como os carros vão interagir com outras aeronaves, tais como aviões, helicópteros e drones. O Acordo Espacial, assinado com a NASA, visa criar novo sistema de controle de tráfego aéreo para dirigir a aeronave. Primeiramente, a companhia anunciou seu plano Uber Elevate em outubro do ano passado, mas parece que o Uber está pronto para decolar em breve, como mostra este vídeo.  A companhia planeja criar veículos que vão decolar e aterrissar verticalmente a baixas altitudes. Assim como hoje em dia no aplicativo do Uber, os clientes vão fazer pedido do táxi pelo celular. A única diferença é que eles serão levados pelo ar ao destino. Embora haja muito trabalho ainda, não se surpreenda ao ouvir que desta vez o motorista de táxi vai se queixar da vida não em solo, mas no céu. Pelo menos, não será sobre engarrafamentos nas estradas. (Sputnik)


 
 
(0) comentário(s)
06.Nov.2017 | 07:01
 
Ciência: Asteroide que matou dinossauros pode curar câncer
 

Foto: Reprodução.
 

Um metal proveniente do asteroide que acabou com os dinossauros há dezenas de milhões de anos atrás pode matar células cancerosas, lê-se em um novo estudo realizado por uma equipe científica internacional e publicado na revista Angewandte Chemie. Os cientistas da Universidade de Warwick no Reino Unido e da Universidade Sun-Yat Sem na China afirmaram que é possível combater os tumores fazendo chegar às células cancerosas oxigênio combinado com irídio, metal que se encontra na crosta terrestre. Segundo os pesquisadores, esse composto é capaz de destruir as células cancerosas sem danificar as células saudáveis. "O metal precioso platina já se usa em mais de 50% das quimioterapias contra o câncer. Agora está sendo explorado o potencial de outros metais preciosos como o irídio para proporcionar novos medicamentos que ataquem as células cancerosas de forma completamente nova, combatam a resistência e possam ser usados de maneira segura e com efeitos secundários mínimos", disse Peter Sadler da Universidade de Warwick. O cientista britânico sublinhou também que "agora é o momento de tentar fazer um bom uso médico do irídio que nos deu um asteroide há 66 milhões de anos atrás. (Sputnik).


 
 
(0) comentário(s)
04.Nov.2017 | 10:37
 
Ciência: Existe uma reação 10 vezes mais poderosa que fusão termonuclear
 

Foto: CC0 / Engin_Akyurt / Abstrato
 

Até o momento, as reações mais poderosas conhecidas, em termos de geração de energia, eram as fusões nucleares e termonucleares. Estes processos têm lugar quando vários núcleos atômicos de carga similar se unem e formam um núcleo mais pesado. Agora, de acordo com a declaração publicada na revista científica Nature, poderia haver algo ainda mais poderoso. Os cientistas descobriram que durante a colisão de "quarks" (moléculas subatômicas, chamadas "partículas beleza") pode se libertar mais energia que durante a fusão nuclear. Os 'quarks' são os constituintes fundamentais da matéria, que se combinam de maneira específica para formar partículas parecidas como prótones e nêutrones. Recentemente foram encontrados sinais da existência de partículas ainda menores de que os "quarks": "tetraquarks" e "pentaquarks". Ao estudá-las, os cientistas revelaram que eles se formam durante as colisões de partículas elementares instáveis. Este processo ocorre durante uma fase análoga às reações termonucleares que têm lugar no núcleo do Sol e outras estrelas. Mas o fato mais importante é que durante esse processo produz-se uma maior quantidade de energia do que no Sol. "As colisões de 'tetraquarks' dão como resultado a libertação de aproximadamente 200 megaeléctron-volts de energia, o que é aproximadamente 10 vezes mais que a geração de reações termonucleares", informou Herald Miller, professor da Universidade de Washington. Além disso, ele acrescentou que até o momento não há aplicação prática para essas reações. No entanto, com o recente descobrimento, o risco que uma reação semelhante possa ser usada na criação de uma nova e poderosa arma é mínimo, pois esse processo ainda não está suficientemente estudado. (científica Nature).

 


 
 
(0) comentário(s)
01.Nov.2017 | 17:28
 
Visita real a Marte? NASA e Google oferecem viagem de graça e em 360°
 

© NASA. NASA/JPL-Caltech.
 

Elon Musk está seguro de que os primeiro humanos poderão "conquistar" o Planeta Vermelho já em 2024. A administração estadunidense solicitou que a NASA envie os primeiros astronautas para o planeta até 2030. Mas não é necessário esperar tantos anos, pois vocês têm a oportunidade de passear pela superfície marciana sem sair de casa! Graças à cooperação da NASA e Google, foi criado o projeto conjunto de realidade virtual — Access Mars. Não se trata de design gráfico, e sim de imagens reais recolhidas pelo veículo robótico Curiosity que estuda o planeta vizinho já durante cinco anos. Além disso, o Laboratório de Propulsão a Jato da NASA vai atualizar os dados constantemente para que os "viajantes" possam observar Marte em tempo real. Ao visitar o site desse projeto, vocês podem dar uma volta pela superfície do Planeta Vermelho e admirar todas as suas belezas em 360°. (Sputnik).


 
 
(0) comentário(s)
26.Out.2017 | 22:28
 
Twitter corta publicidade da Sputnik e RT
 

© Sputnik
 

O Twitter anunciou nesta quinta-feira (26) que irá cortar toda a publicidade das contas ligadas à Sputnik e a RT na rede social. Segundo a companhia, a decisão foi tomada com base na investigação do Twitter sobre a eleição dos Estados Unidos em 2016 e na posição do governo estadunidense de que a Sputnik e a RT tentaram interferir no pleito. A empresa afirmou que foi uma decisão "política" e que Sputnik e RT continuarão na rede social como "usuários orgânicos" e "de acordo com as regras do Twitter". "No início deste ano, a comunidade de inteligência dos EUA afirmou que a Sputnik e a RT implementaram esforços patrocinados pelo Estado russo de interferir e perturbar as eleições presidenciais de 2016, algo que não queremos no Twitter", afirmou a companhia por meio de seu blog oficial. O Kremlin nega as acusações de que tenha tentado influir na eleição que escolheu o republicano Donald Trump como novo presidente. O Twitter se negou a dar mais detalhes sobre a decisão para a Sputnik


 
 
(0) comentário(s)
23.Out.2017 | 19:11
 
Cristiano Ronaldo supera Messi e Neymar e conquista o prêmio de melhor jogador do mundo
 

Foto: Reprodução.
 

Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, foi eleito na tarde desta segunda-feira (23) o ganhador do prêmio The Best, da Fifa, pelo segundo ano consecutivo — a quinta vez que é apontado como o jogador número 1 do planeta. No evento realizado em Londres, o português foi escolhido o melhor do mundo ao superar o argentino Lionel Messi e o brasileiro Neymar. Com um discurso humilde, o craque da equipe madrilenha parabenizou os concorrentes pela temporada realizada e disse viver um momento único como jogador. Depois, fez a alegria das pessoas mais próximas. Quero agradecer ao Real Madrid, meus companheiros de seleção também. Foi um ano extraordinário. Talento, trabalho duro, muita dedicação. É uma alegria ganhar troféus coletivos e individuais também. À minha família, esse troféu é de vocês também — disse CR7.


 
 
(0) comentário(s)
21.Out.2017 | 07:38
 
NASA testa motor que levará o homem ao espaço profundo (VÍDEO)
 

© NASA. NASA/SSC.
 

Os engenheiros do Centro Espacial John C. Stennis da NASA (estado do Mississípi, EUA), realizaram um teste de fogo do seu novo motor de foguete RS-25 E2063, destinado ao Sistema de Lançamento Espacial (SLS, sigla em inglês) que atualmente se encontra na fase de desenvolvimento. O teste foi aberto para o público. O motor em questão é um dos quatros que irão servir para propulsar o SLS. O veículo de lançamento será utilizado em  missões no espaço profundo, inclusivamente viagens à Lua e Marte. O primeiro voo confirmado não tripulado está marcado para 2019, enquanto a primeira missão humana que irá utilizar o SLS será realizada em 2022. Conforme os planos da NASA, a primeira missão tripulada para Marte pode ter lugar na década de 2030.

 

 
 
(0) comentário(s)
21.Out.2017 | 07:31
 
Cientistas advertem sobre a ameaça de um 'apocalipse ambiental'
 

Foto: Reprodução.
 

Uma equipe de cientistas alemães, britânicos e holandeses detectou uma redução significativa do número de insetos voadores da Alemanha, sendo algo que representa uma grave ameaça para a vida na Terra. Os resultados do estudo foram publicados no portal especializado Plos One. Assim, o número de insetos voadores reduziu 76% desde 1989. Para chegar a tal conclusão, os pesquisadores europeus analisaram mais de 1,5 mil amostras de biomassa recolhidas durante estes anos em 63 reservas naturais da Alemanha. "Já há muito tempo se suspeitava desta redução, contudo, os resultados são muito mais assustadores do que pensávamos", declarou o responsável pelo estudo, Caspar Hallman, da Universidade Radboud de Nimega (Países Baixos). Este frisou que, em pleno verão, a redução atinge até 82%. De acordo com os biólogos, a redução dos insetos voadores na biomassa é realmente um sinal alarmante e é preciso descobrir os motivos dessa catástrofe, caso contrário, a humanidade pode enfrentar a uma extinção de insetos capazes de influenciar a cadeia alimentar terrestre, o que por sua vez causaria a extinção de outras espécies de animais e pássaros. Entre hipóteses mais prováveis deste fenômeno são o uso de pesticidas neonicotinóides, aquecimento global e a utilização descuidada de solo por parte de agricultores. Por enquanto, é preciso realizar mais estudos a fim de dar uma resposta definitiva a esta anomalia e adotar as medidas necessárias para salvar o planeta. (Sputnik).


 
 
(1) comentário(s)
 
  • :
 
 
 
comentários
 
Livramento: Chuva e falta de infraestrutura dificultam a vida de moradores
Cida
Falta de estrutura é o que há nessa cidade de gente batalhadora e esquecida pelo poder público, principalmente...
 
Livramento: Chuva e falta de infraestrutura dificultam a vida de moradores
José Sinval
Mais essa bola já tinha sido contada. Quem mandou votar no prefeito que aí está? Agora só tem duas...
 
Chega de pagar valores absurdos de conta de energia!
Jorge Luis Lessa Timbó
No meu caso também é residencial. Estou compensando toda a energia que consumo. Satisfeito plenamente,...
 
PMDB volta a cortejar Doria e acena com candidatura à Presidência
José Sinval
Bom pessoal. Na verdade, bandido só procurar bandido. Não vão procurar pessoas de de bem nao é mesmo...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2017. Todos os direitos reservados.
 [email protected]