publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
31.Mai.2014 | 01:13
 
Brasil desacelera e cresce 0,2% no 1º tri, com indústria e investimentos em queda
 

Ministro da Fazenda, Guido Mantega.
 

Por Rodrigo Viga Gaier / Reuters

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) - Afetada pelo mau desempenho da indústria e dos investimentos, que vêm recuando desde meados de 2013, a economia brasileira perdeu fôlego no início deste ano, quando a presidente Dilma Rousseff tenta a reeleição.

O Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu apenas 0,2 por cento no primeiro trimestre, na comparação com os últimos três meses do ano passado, quando a expansão foi de 0,4 por cento. Em relação ao primeiro trimestre de 2013, o crescimento foi de 1,9 por cento, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

O resultado, apesar de ter vindo dentro do esperado --pesquisa Reuters apontava 0,2 por cento na comparação trimestral e 2,1 por cento na anual--, mostrou que o consumo do governo sustentou o leve crescimento agora, numa dinâmica que deixa mais evidente a confiança abalada de boa parte das agentes econômicos.

Diante deste cenário, analistas já afirmam que vão rever para baixo suas previsões de expansão para 2014.

Segundo o IBGE, os investimentos caíram 2,1 por cento no trimestre passado, comparado com os três meses anteriores, marcando três trimestres seguidos de queda. Sobre igual período de 2013, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) também teve queda de 2,1 por cento.

Com isso, a taxa de investimentos em relação ao PIB recuou a 17,7 por cento no trimestre passado, o pior resultado para o primeiro trimestre desde 2009.

"Houve um efeito conjugado de vários fatores negativos. Queda na produção interna, mais importação de bens de capital... e desempenho ruim da industria de transformação", afirmou a economista do IBGE, Rebeca Palis.

A indústria também encolheu pelo terceiro trimestre seguido agora, com queda de 0,8 por cento entre janeiro e março sobre o período imediatamente anterior. Sobre um ano antes, a atividade industrial cresceu 0,8 por cento.


 
(0) comentário(s)
 
comentários
 
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
15.Nov.2018 - Jussiape: Animal na pista provoca acidente de três pessoas feridas
15.Nov.2018 - Confira as ofertas da semana na Central das Carnes
13.Nov.2018 - Jussiape: Professores e estudantes protestam contra fechamento de escola em Caraguataí
13.Nov.2018 - Desliga Enem é realizado com com sucesso na Praça Zezinho Tanajura; Confira fotos
12.Nov.2018 - Livramento: Preço da gasolina finalmente cai em pelos menos 0,31 centavos nos postos
12.Nov.2018 - Joaquim Levy, Ivan Monteiro e Mansueto na equipe de Paulo Guedes
11.Nov.2018 - Volta a chover em Livramento e previsão é de tempo instável pelo menos até quarta-feira
11.Nov.2018 - Tanhaçu: Médico é preso por falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão
11.Nov.2018 - Paramirim: Motorista sofre ferimentos leves após capotar veículo na BA-152
10.Nov.2018 - Matrículas Abertas!
  • :
 
 
 
comentários
 
Livramento: Preços abusivos em postos de gasolina continuam, mesmo depois de 10 reduções em refinarias
Marlucio
É só a população se unir e fazer um tipo boicote e aí quero vê se esses donos de postos de livramento...
 
Moradores de Livramento reclamam da falta de água em vários bairros
Cristiane Maria
Está embasa tá uma porcaria tanto no abastecimento de água quanto na ligação uma vergonha nem parece...
 
Moradores de Livramento reclamam da falta de água em vários bairros
Claudiney Pereira
E o interessante que muitas pessoas não ta vendo, é que se o registro estiver aberto com a passagem...
 
Moradores de Livramento reclamam da falta de água em vários bairros
Maxwell Carvalho
Uma falta de respeito com quem paga suas contas em dias, aqui no Taquari esta faltando água desde o último...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2018. Todos os direitos reservados.
 [email protected]