publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
25.Set.2015 | 11:39
 
Líderes mundiais vão adotar metas da ONU para enfrentar problemas globais
 

(Foto: Divulgação).
 

Líderes de quase 200 nações devem adotar nesta sexta-feira uma extensa plataforma de metas globais para combater a pobreza, a desigualdade e as mudanças climáticas, no esforço mais amplo e abrangente já feito pela Organização das Nações Unidas para combater problemas mundiais. A aprovação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ou ODS, encerra três anos de debates e negociações com a participação de quase todos os cantos do mundo, dizem os organizadores, e fornece um roteiro para que os países financiem e criem a mudança. Os objetivos para um período de 15 anos visam acabar com a pobreza, combater a desigualdade, defender os direitos humanos, promover a igualdade de gênero, proteger o planeta e criar condições para um crescimento sustentável e paz e prosperidade compartilhada. Eles vão substituir o plano anterior de ações da ONU, os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, aprovados em 2000. Os defensores dizem que os ODS vão muito além, abordando as causas profundas das questões como a pobreza e examinando os meios e os objetivos. Eles também foram moldados para serem universais em vez de aplicados apenas ao mundo em desenvolvimento. Os 193 países-membros devem aprovar os ODS nesta sexta-feira, depois de um pronunciamento pela manhã do papa Francisco e uma apresentação da cantora colombiana Shakira, interpretando "Imagine". A adoção das metas está longe de ser um evento protocolar, disse Amina Mohammed, secretária-geral adjunta e conselheira especial sobre Planejamento do Desenvolvimento pós 2015. Amina e outros alto funcionários da ONU vão ouvir atentamente os líderes mundiais que falarão durante a cúpula de três dias do SDG, que termina no domingo. "Minha maior preocupação é que nós não tenhamos clareza nos compromissos dos líderes com esta agenda", disse ela à Fundação Thomson Reuters. "Os problemas são enormes, então, a resposta tem que ser enorme." (Reuters).


 
(0) comentário(s)
 
comentários
 
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
21.Jul.2018 - Novas informações sobre homicídio em Dom Basílio
20.Jul.2018 - Dom Basílio: Homicídio é registrado na zona rural após discursão por disputa de terra
19.Jul.2018 - Palestras e Oficinas da I Expo Livramento e I Feira da Agricultura Familiar 2018: inscrições abertas
19.Jul.2018 - Confira as ofertas da Central das Carnes em Livramento
19.Jul.2018 -
19.Jul.2018 - Silvânia Aquino e Paulinha Abelha se reintegram ao Calcinha Preta
18.Jul.2018 - Livramento: Ex-candidato a vereador terá que pagar 30 horas de serviços comunitário por injúria contra policial militar
18.Jul.2018 - Marte bem mais visível a olho nu e mais brilhante
17.Jul.2018 -
17.Jul.2018 - Iguatemi: PM prende homem por ameaça, injúria e dano ao patrimônio público
  • :
 
 
 
comentários
 
46ª CIPM recebe nova viatura para atender Livramento
JosÉ Maria De Jesus
Está escrito: Eduque as crianças e não será preciso punir os homens. É preciso investir mais em educação...
 
Livramento: Comerciantes reclamam de altas taxas para trabalhar em festa e fazem protesto
José Sinval
Cada povo tem o governo que merece e procura.vamos ver se no próximo pleito, aprendem votar. Sinval
 
Livramento: Pagão doa 12 hectares de terra para construção de novo campo de pouso
Cidadão De Livramento
Em meio a tantos políticos sem caráter aparece um cidadão desse nível ! Ainda acredito na integridade...
 
Livramento: Pagão doa 12 hectares de terra para construção de novo campo de pouso
João Victor
que bela iniciativa, parabéns! Agora o prefeito deveria era se preocupar em fazer uma Rodoviária descente...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2018. Todos os direitos reservados.
 [email protected]