publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
25.Set.2015 | 11:39
 
Líderes mundiais vão adotar metas da ONU para enfrentar problemas globais
 

(Foto: Divulgação).
 

Líderes de quase 200 nações devem adotar nesta sexta-feira uma extensa plataforma de metas globais para combater a pobreza, a desigualdade e as mudanças climáticas, no esforço mais amplo e abrangente já feito pela Organização das Nações Unidas para combater problemas mundiais. A aprovação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ou ODS, encerra três anos de debates e negociações com a participação de quase todos os cantos do mundo, dizem os organizadores, e fornece um roteiro para que os países financiem e criem a mudança. Os objetivos para um período de 15 anos visam acabar com a pobreza, combater a desigualdade, defender os direitos humanos, promover a igualdade de gênero, proteger o planeta e criar condições para um crescimento sustentável e paz e prosperidade compartilhada. Eles vão substituir o plano anterior de ações da ONU, os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, aprovados em 2000. Os defensores dizem que os ODS vão muito além, abordando as causas profundas das questões como a pobreza e examinando os meios e os objetivos. Eles também foram moldados para serem universais em vez de aplicados apenas ao mundo em desenvolvimento. Os 193 países-membros devem aprovar os ODS nesta sexta-feira, depois de um pronunciamento pela manhã do papa Francisco e uma apresentação da cantora colombiana Shakira, interpretando "Imagine". A adoção das metas está longe de ser um evento protocolar, disse Amina Mohammed, secretária-geral adjunta e conselheira especial sobre Planejamento do Desenvolvimento pós 2015. Amina e outros alto funcionários da ONU vão ouvir atentamente os líderes mundiais que falarão durante a cúpula de três dias do SDG, que termina no domingo. "Minha maior preocupação é que nós não tenhamos clareza nos compromissos dos líderes com esta agenda", disse ela à Fundação Thomson Reuters. "Os problemas são enormes, então, a resposta tem que ser enorme." (Reuters).


 
(0) comentário(s)
 
comentários
 
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
15.Nov.2018 - Confira as ofertas da semana na Central das Carnes
13.Nov.2018 - Jussiape: Professores e estudantes protestam contra fechamento de escola em Caraguataí
13.Nov.2018 - Desliga Enem é realizado com com sucesso na Praça Zezinho Tanajura; Confira fotos
12.Nov.2018 - Livramento: Preço da gasolina finalmente cai em pelos menos 0,31 centavos nos postos
12.Nov.2018 - Joaquim Levy, Ivan Monteiro e Mansueto na equipe de Paulo Guedes
11.Nov.2018 - Volta a chover em Livramento e previsão é de tempo instável pelo menos até quarta-feira
11.Nov.2018 - Tanhaçu: Médico é preso por falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão
11.Nov.2018 - Paramirim: Motorista sofre ferimentos leves após capotar veículo na BA-152
10.Nov.2018 - Matrículas Abertas!
08.Nov.2018 - Em solenidade militar no Taquarí, Capitão Vandilson assume comando da 46ª CIPM
  • :
 
 
 
comentários
 
Livramento: Preços abusivos em postos de gasolina continuam, mesmo depois de 10 reduções em refinarias
Marlucio
É só a população se unir e fazer um tipo boicote e aí quero vê se esses donos de postos de livramento...
 
Moradores de Livramento reclamam da falta de água em vários bairros
Cristiane Maria
Está embasa tá uma porcaria tanto no abastecimento de água quanto na ligação uma vergonha nem parece...
 
Moradores de Livramento reclamam da falta de água em vários bairros
Claudiney Pereira
E o interessante que muitas pessoas não ta vendo, é que se o registro estiver aberto com a passagem...
 
Moradores de Livramento reclamam da falta de água em vários bairros
Maxwell Carvalho
Uma falta de respeito com quem paga suas contas em dias, aqui no Taquari esta faltando água desde o último...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2018. Todos os direitos reservados.
 [email protected]