publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
18.Nov.2013 | 16:27
 
Brumado: A realidade de seu José, que tira do lixo subsídios para sobreviver
 

 

O nascer do sol brilha a esperança de inúmeras famílias que, por não terem alternativas de trabalho, se dispõem a encarar monturos de lixo a céu aberto, materiais recicláveis e papelão, depositados nas ruas e em terrenos baldios que se transformam em locais para o despejo diário de entulhos na zona urbana da cidade de Brumado, no sudoeste do Estado.
 

É nesse raiar de um novo dia que reforça a vontade de cada um dos catadores de materiais recicláveis em poder terem bom faturamento com o que coletar e vender, pois é assim que age um idoso integrante do loteamento Malhada Branca, na Capital do Minério.

Aos 65 anos, José Maria Antonio Gonçalves, revela ao L12 Notícias já estar adaptado à dura realidade enfrentada no dia a dia, e testemunha: “Eu acordo às 5 horas da manhã faço o meu café, e todos os dias saio bem cedinho, andando pelo centro da cidade de Brumado, colhendo papelão e outros materiais que podem ser reciclados”, relatou seu José. Segundo ele, é possível faturar até R$ 200 quando o mês é bom, mas na maioria das vezes fatura pouco mais de R$ 100. “Uso o meu dinheiro pra sobreviver, me alimento apenas com feijão e arroz. Carne consigo comer um pedacinho, raramente, porque ganho muito pouco. Todos os dias tenho que comer feijão com ovo e, mesmo assim, ainda dou graças a Deus”, disse o idoso.
 

Questionado sobre o porquê com 65 anos ainda não se aposentou, seu José resumiu: “Não tenho ninguém pra me ajudar a mexer com isso”. Segundo ele, catar material reciclável foi a única opção que encontrou para sobreviver honestamente, em razão da idade já avançada.
 

Do L12 Notícias
Contato: [email protected]
 

 

 

 
Tag(s): 65 anos, Brumado, Famílias, José Maria, Lixo, Malhada Branca, Materiais Recicláveis
 
(9) comentário(s)
 
comentários
 
 
Fabio Jose escreveu: Nao importa o que homem faca para sobreviver o importante e que seja com honestidade.
18.Nov.2013
 
Reinaldo Goncalves de Lima escreveu: Verdade Eliene um homem q trabalhou uma vida para ajudar construir um brasil, e agora vivendo essa situação isto é brasil!
18.Nov.2013
 
Cerize Barros Souza escreveu: Vocês sabiam que a maioria dessas pessoas que trabalham como seu José ganham muito bem? E com muita dignidade.
18.Nov.2013
 
Marta Nunes Sousa escreveu: Eu tiro o chapéu para esse senhor que não precisa roubar para sobreviver, e sim trabalha com dignidade para ganhar o seu sustento.
18.Nov.2013
 
Jonh Egle Silva escreveu: Porque ninguem ajuda esse senho gente que é isso nenhum ser humano merece fica nessa situaçao vamos ajudar.
18.Nov.2013
 
caxião escreveu: E as médicas cubanas aonde estão? A imprensa esqueceu? Seria interessante fazer uma visita aos seus locais de trabalho e avaliar o desempenho de suas funções e como a população está se sentindo.
18.Nov.2013
 
Ismael Carvalho escreveu: A população não valoriza o trabalho de pessoas como o seu José e elas nem imaginam a importância que os catadores tem para manter uma cidade limpa! A prefeitura deveria dar mais subsídios para pessoas que trabalham com isso, pois afinal de contas, elas fazem parte do trabalho que é obrigação da prefeitura!
18.Nov.2013
 
Joelisa Resende escreveu: Essa é a nossa realidade.
18.Nov.2013
 
Willian Silva escreveu: A realidade do brasil inteiro.
18.Nov.2013
 
 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
03.Jul.2020 - Bolsonaro sanciona lei que obriga uso de máscaras em locais públicos pelo Brasil
03.Jul.2020 - Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro e PF cumpre mandado de busca contra o ex-governador
02.Jul.2020 - Livramento: Parte da população vive quarentena de festas em meio ao aumento de casos de coronavírus
02.Jul.2020 - PJBA economiza mais de R$100 milhões em custos
02.Jul.2020 - Brumado: Em despedida emocionada no rádio, Beto Bonelly anuncia pré-campanha a Vereador!
02.Jul.2020 - 46ª CIPM realiza com sucesso primeira reunião por videoconferência
01.Jul.2020 - STF determina reabertura do comércio de Brumado
01.Jul.2020 - PJBA OCUPA O PRIMEIRO LUGAR ENTRE OS TRIBUNAIS DE MÉDIO PORTE NA PROLAÇÃO DE SENTENÇAS DURANTE PERÍODO DE TELETRABALHO
01.Jul.2020 - Livramento: Oficialmente, número de curados do coronavírus ultrapassa os casos ativos
30.Jun.2020 - Jussiape: Casal se envolve em acidente entre motocicleta e automóvel na BA-148
 
 
comentários
 
PJBA economiza mais de R$100 milh?es em custos
Bruno
Isso que ? homem de bem ! Parab?ns dr Lourival pela demonstra??o de n?vel , e compet?ncia , no tempo...
 
Livramento: Parte da popula??o vive quarentena de festas em meio ao aumento de casos de coronav?rus
Rubi Campos
Povo sem vergonha , sem respeito , sem empatia !!! Quando come?arem a morrer pai , m?e ,av? , amigos...
 
Livramento: Parte da popula??o vive quarentena de festas em meio ao aumento de casos de coronav?rus
Edy Miranda
Triste realidade,o povo s? vai cair na real quando perder algu?m ,e quando a upa estiver lotada,sem atendimento...
 
Livramento: Parte da popula??o vive quarentena de festas em meio ao aumento de casos de coronav?rus
Marilza Pessoa Santos Reinaldo
Tenho muito medo s? Deus mesmo pra ajudar esse pessoal e a cidade nossa livramento n?o tem socorro nenhum...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2020. Todos os direitos reservados.
 [email protected]