publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
02.Dez.2013 | 14:32
 
Governador de Sergipe, Marcelo Déda, morre em São Paulo
 

 

O governador licenciado de Sergipe, Marcelo Déda (PT), de 53 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira, 2. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde maio. Déda foi diagnosticado com um câncer gastrointestinal em 2012.
 

Horas após a morte, a família postou uma mensagem no perfil do governador no Twitter: "O céu acaba de ganhar mais uma estrela. Marcelo Déda voou 'nas asas da quimera'. Paz e bem". O corpo de Déda deve chegar a Sergipe na tarde desta segunda, onde irá desfilar em carro aberto do Corpo de Bombeiros pelas ruas da cidade no trajeto entre o aeroporto e o Palácio Museu Olímpio Campos, local do velório, previsto para começar as 16 horas no horário local, 17 horas em Brasília.
 

Assim que o corpo chegar ao Palácio, será celebrada uma missa para poucos familiares. Após a celebração, o velório será aberto ao público. A presidente Dilma Rousseff irá a Aracaju acompanhar a cerimônia. Há ainda a expectativa da presença do ex-presidente Lula. O translado do corpo de São Paulo para a capital sergipana, segundo a assessoria do governo de Sergipe, será feito por um avião da Força Aérea Brasileira. Ainda segundo o governo, o velório deve durar até a manhã de terça-feira, 3.
 

De acordo com familiares, o corpo de Déda será cremado no final da tarde de terça em Salvador, já que Sergipe não tem crematório.
 

Déda afastou-se do cargo de governador em 27 de maio deste ano em razão do tratamento médico e foi substituído pelo vice, Jackson Barreto (PMDB). No início da noite de sábado, 1º, o hospital informou a "piora progressiva" do quadro clínico do governador. Déda deixa cinco filhos e a mulher Eliane Aquino, secretária de Inclusão Social.
 

Nascido em Simão Dias, cidade do interior de Sergipe, Marcelo Déda começou a participar de movimentos estudantis no Estado ainda na década de 1970, antes de entrar para a faculdade de Direito. Em 1979, autou na fundação do PT. Foi eleito pela primeira vez em 1986 a deputado estadual. Em 1994, ocupou uma cadeira na Câmara dos Deputados e foi reeleito em 1998. Dois anos depois, tornou-se prefeito de Aracaju, cargo que ocupou até 2006, quando renunciou para disputar o governo do Estado. Foi reeleito em 2010. /  Colaborou Ricardo Chapola


 
Tag(s): Déda, Governador, Sergipe, 53 anos, Hospital Sírio-Libanês, Palácio Museu Olímpio Campos, Dilma Rousseff
 
(0) comentário(s)
 
comentários
 
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
20.Nov.2019 - Livramento: Time do Kinka sai na frente no primeiro jogo da final do Cinquentinha
20.Nov.2019 - Artilheiro do River coloca final da Libertadores com Flamengo ‘mais difícil do que com o Boca'
19.Nov.2019 - Desembargadores e juízes são alvos de operação da PF na Bahia
18.Nov.2019 - FEIRÃO DE COLCHÕES ORTOBOM TEM DESCONTOS DE ATÉ 40% EM LIVRAMENTO
16.Nov.2019 - China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics
16.Nov.2019 - Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, alerta Inca
16.Nov.2019 - Incidência de raios e trovões devem atingir a região nas próximas 24 horas
16.Nov.2019 - Empreiteiro é acusado de agredir trabalhador com golpes de enxada em Livramento
15.Nov.2019 - CDL de Livramento lança campanha de Fim de Ano; Haverá sorteio de prêmios e arrecadação de alimentos
15.Nov.2019 - Confira a agenda do IME desta semana
 
 
comentários
 
Desembargadores e juízes são alvos de operação da PF na Bahia
José Sinval
Os políticos de livramento, devem ficarem com as barbas de molho. Sinval
 
China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics
José Sinval
Bom. Eu acho que não deve confiar nessa informação. Pq em viagem pelo oriente médio ele disse tb que...
 
Lula é solto da sede da PF em Curitiba
José Sinval
A justiça tarda mas não falha. Parabéns presidente Lula. Bem vindo a vida normal Sinval
 
Defesa de Lula pede para ex-presidente deixar prisão após decisão do STF
José Sinval
Agora sim. A justiça foi feito. Que se danem os bozonaristas de plantão. Sinval
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2019. Todos os direitos reservados.
 [email protected]