publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
17.Dez.2013 | 18:00
 
Renato Luz defende Universidade da Chapada em Livramento e Rio de Contas
 

I Seminário de Educação da Chapada Diamantina aconteceu em Seabra. (Foto: L12 Notícias).
 

A instalação e o formato da Universidade Federal da Chapada Diamantina foram discutidos no sábado (14), no I Seminário de Educação da Chapada Diamantina, realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFBA, em Seabra/BA. O evento contou com a presença do  Jornalista e membro da executiva do PT livramentense,  Renato Luz, o secretário de Governo de Rio de Contas João Carlos Souto, o vereador de Livramento Antônio Luís  pela região da chapada sul, além de outras 500 pessoas, entre prefeitos, vereadores, professores e estudantes de toda macroregião. A iniciativa foi da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados, em parceria com o deputado federal Afonso Florence.
 

Renato Luz, que lidera um movimento em pról pela Universidade nas cidades da chapada sul, teria defendido a Universidade na região. "A região da Chapada Sul  considerando apenas os municípios de Livramento, Rio de Contas, Jussiape e Abaíra dispõe de uma população de mais de  80 mil pessoas e representa o maior vácuo universitário do estado da Bahia, pois estamos a mais de 600 Km do pólo universitário Salvador, a mais de 400 km do pólo Feira de Santana, e a mais de 200 Km do pólo Vitória da Conquista.  A democratização do ensino superior  não chegou nas nossas cidades, não temos UNEB, UESB,  IFBA,  IFET, não temos nada, enquanto isso outros municípios que são mais próximos dos pólos e que já dispõem dessas campus estão próximos de ganhar mais uma universidade, então penso que é preciso estabelecer um critério na distribuição das campi universitários", defendeu Renato Luz.


Os reitores Naomar Almeida (Universidade Federal do Sul da Bahia - UFSB) e Paulo Gabriel Nassif (Universidade Federal do Recôncavo Baiano – UFRB); o pró-reitor de Planejamento da Universidade Federal do Oeste da Bahia – UFOB, Poty Lucena; o vice-reitor da UFBA, Luís Rogério Bastos Leal; o diretor do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias da Universidade Estadual da Bahia – UNEB, em Seabra, Gildeci Leite;  o deputado estadual Zé Neto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, os deputados Bira Coroa e Neusa Cadore, ambos do Partido dos Trabalhadores, participaram do evento. Estudantes e movimentos sociais também marcaram presença.
 

Afonso Florence, que apresentou o Projeto de Lei 4.904/2012 pela a criação da UFCD, destacou que a região conta com 24 municípios e 376 mil habitantes e uma universidade pública levará desenvolvimento à região através da qualificação profissional, produção de saber e ampliação de perspectivas, por exemplo.
 

O professor Naomar Almeida, informou dados que sinalizam para a ampliação gradativa na oferta em educação federal superior na Bahia. De acordo com ele, no ano de 2001, 585 vagas estavam disponíveis para todo o interior do Estado. Em 2006, havia 1.000 vagas. Já em 2012, este número saltou para 11.425. “Nosso grande desafio é continuar ampliando o número de vagas no ensino público superior federal sem perder a qualidade”, disse Naomar.
 

Para o reitor Paulo Gabriel Nassif, esta é um grande momento histórico para avançar no âmbito educacional superior. “A Bahia passou um bom tempo sem lutar por oportunidade no ensino superior. Hoje, aprendemos o caminho e lutamos por mais. Precisamos pensar também em universidades com mais de oito campi, por exemplo, para e a demanda geradas, também, pelas mudanças demográficas.
 

“Temos agora que levar para Brasília o resultado dessa audiência pública que envolveu representantes de 26 municípios. Essa é mais uma forma de conseguir trazer a tão esperada Universidade para a Chapada”, encerrou o organizador do evento, deputado Afonso Florence. Segundo Renato, é necessário que os políticos e a população dos municípios do entorno da chapada sul se mobilizem para não perder essa grande oportunidade. " Já entreguei para Presidente Dilma um documento destacando a necessidade da Universidade na Chapada, e o MEC já sinalizou que a UFCD é a próxima da fila na Bahia, contudo precisamos nos mobilizar e promover uma grande audiência aqui para não perder ' o trem da história'. Aqui existe além do aspecto geográfico, o apelo histórico, as riquezas minerais que daqui foram extraídas financiariam a revolução industrial inglesa, é preciso reparar isso de alguma forma", finalizou Renato.

 

 

 
Tag(s): Câmara dos Deputados, Comissão de Desenvolvimento Econômico, João Carlos Souto, Renato Luz, Seminário de Educação da Chapada Diamantina, Universidade Federal da Chapada Diamantina
 
(2) comentário(s)
 
comentários
 
 
Erik escreveu: Tomara que dê certo
18.Dez.2013
 
Geovana escreveu: Parabéns Renato Luz. Grande iniciativa de defender a nossa região...Que pena que os nossos representantes eleitos não façam o mesmo
18.Dez.2013
 
 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
06.Dez.2019 - Nascidos em setembro e outubro sem conta na Caixa podem sacar FGTS
06.Dez.2019 - Pela primeira vez na história Livramento terá presença de ilustres em dois dos três poderes na esfera estadual
05.Dez.2019 - Governo edita medida para motivar transporte rodoviário de passageiros
05.Dez.2019 - Confira a agenda do IME desta semana
05.Dez.2019 -
05.Dez.2019 - Empresário doa uniformes e equipamentos para incentivar Brigada de incêndio em Livramento
04.Dez.2019 - DES. LOURIVAL TRINDADE DESTACA A NECESSIDADE DE UNIÃO E TRABALHO CONJUNTO
04.Dez.2019 - PODIUM PUBLICIDADE DIVULGA MELHORES DO ANO
04.Dez.2019 - Atletas livramentenses participam da maior competição de Cross Fit do interior da Bahia
04.Dez.2019 - Desembargador Lourival Trindade é eleito novo presidente do TJBA
 
 
comentários
 
Desembargador Lourival Trindade é eleito novo presidente do TJBA
Wanderley Ferreira
Parabéns meu prezado amigo,nada mais acertado que a escolha de seu nome para conduzir essa instituição...
 
Porco espinho é flagrado perambulando numa rua em Livramento; Cães são atacados
Giovanni Tanajura
Esse vídeo tem uns quatro meses ou mais... É um ouriço, também chamado de luís cacheiro (Coendou prehensilis),...
 
Efeito da alta do preço da carne chega ao consumidor livramentense
Josésinval Rocha Da Silva.
Esse é o efeito Bolsonaro. Mas como sempre, a culpa édo Lula ou da Dilma. Kkk Sinval
 
Efeito da alta do preço da carne chega ao consumidor livramentense
Nete Valdemir
Se depender de mim ñ se vende um kg de carne... Sempre dei preferência a tudo que é saudável.Ex peixe,...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2019. Todos os direitos reservados.
 [email protected]