publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
27.Jun.2017 | 12:58
 
Em depoimento sobre polêmica com a PM na Micareta, Kannário diz que agiu no 'calor da emoção'
 

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade.
 

O vereador e cantor Igor Kannário prestou depoimento na delegacia em Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (27), sobre a polêmica entre ele e a Polícia Militar (PM), que aconteceu durante a Micareta de Feira de Santana deste ano, quando ele acusou a Polícia Militar de agredir foliões e declarou que é mais autoridade que a PM. O depoimento estava marcado inicialmente para o dia 20 de junho, mas ele não compareceu à audiência, nem justificou a sua ausência. Hoje ele chegou à delegacia por volta das 9h45 acompanhado da assessora e o motorista, em um veículo Cobalt branco. O advogado já estava na delegacia. Ele falou à imprensa no final do depoimento e afirmou que respeita a Polícia Militar. “Eu só quero paz. Não tenho nenhuma mágoa da polícia, tenho total respeito pela instituição. Em certos momentos alguns policiais têm posturas mais elevadas, mas acho que os comandantes têm discernimento para fazer o seguimento das guarnições e seus componentes. Naquele dia foi apenas o calor da emoção”, afirmou. O delegado João Rodrigo Uzzum informou que o depoimento do vereador e cantor foi tranquilo e respeitoso. “Ele afirmou que estava em um momento sob forte emoção quando falou certas palavras, disse que não teve a intenção de denegrir a Polícia Militar na condição de instituição e afirmou que na emoção do momento, ao ver algumas posturas, na visão dele inadequadas, acabou por proferir algumas palavras, que ao final ele praticamente se retrata”, informou o delegado. Segundo Uzzum, agora vai ocorrer o indiciamento do cantor e vereador Igor Kannário pelo crime de desacato de funcionário público, já que, conforme explicou o delegado, ocorreram posturas ofensivas que agrediram a questão íntima dos policiais que ali estavam trabalhando, gerando desprestígio ao estado. Por ser um crime de menor potencial ofensivo, o delegado João Rodrigo Uzzum explicou que a pessoa normalmente é condenada a pagamento de cestas básicas ou prestação de serviços comunitários. As informações são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

 

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade.
 

 
(0) comentário(s)
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
19.Out.2019 - Homem é morto a facada durante briga no Bairro Benito Gama
18.Out.2019 - Projeto de Marquinho Viana que institui 13 de outubro como Dia da Santa Dulce dos Pobres é sancionado
18.Out.2019 - Carro envolvido em acidente na Serra das Almas é retirado de precipício literalmente destruído
18.Out.2019 - Vitória da Conquista: PM conduz sete com maconha, cocaína e LSD
17.Out.2019 - Caminhão danifica rede fibra óptica da Maxxnet no Bairro Polivalente em Livramento
17.Out.2019 - Manchas de óleo chegam à Baía de Todos-os-Santos e atingem Ilha de Itaparica
15.Out.2019 - Livramento: Polícia Militar prende suspeito; apreende drogas e materiais ilícitos
15.Out.2019 - Escolinha União FC realiza seu 5º desfile social no Bairro Taquarí
15.Out.2019 - Acusado de ter matado mulher em Paramirim é preso por ordem judicial
14.Out.2019 - Caminhão com placas de Dom Basílio tomba na rodovia BR-381
 
 
comentários
 
Ônibus do cantor Renan Moreira se envolve em acidente na BA-156
Joao
A imprudência é um fato q vem gerando muitos acidentes, vi em outras fotos o local do acidente percebe...
 
Começa operar o primeiro Estacionamento Solar em Livramento
José Sinval
Srs. Boa tarde, Desculpe-me a ignorância mas, o que vem ser um estacionamento : "solar" ? Pergunto-lhes...
 
Começa operar o primeiro Estacionamento Solar em Livramento
José Sinval
Bom. O sr. Está dizendo que está utilizando uma figura de linguagem chamada de metáfora. Que na na verdade...
 
Livramento comemora 98º aniversário, conheça um pouco sobre a história do município
Edvaldo Alves Da Silva
Muito bom !!
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2019. Todos os direitos reservados.
 [email protected]