publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
09.Fev.2019 | 07:36
 
Prefeitura diz que pediu interdição do CT do Flamengo em 2017
 

Foto: Reprodução.
 

A prefeitura do Rio informou hoje (8) que emitiu um edital de interdição do Centro de Treinamento (CT)  do Flamengo no dia 20 de outubro de 2017. Na madrugada desta sexta-feira, dez atletas das categorias de base do time morreram em um incêndio no CT. O município informou também que, por não possuir alvará de funcionamento, a Secretaria de Fazenda lavrou quase 30 autos de infração contra o Clube de Regatas do Flamengo em pouco mais de um ano. O Centro de Treinamento do Vasco da Gama e do Fluminense Futebol Clube também funcionam sem alvará de licenciamento para edificações, segundo a prefeitura. Segundo a nota da prefeitura, o Centro de Treinamento George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, tem a atual licença com validade até o dia 30 de março deste ano. A área de alojamento dos atletas das categorias de base, distribuída em seis contêineres, totalmente destruídos pelo incêndio, “não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 5 de abril de 2018, como edificada”. A prefeitura explica que, em nenhum pedido feito pelo Flamengo, existe a presença de um alojamento na área. No projeto protocolado na Secretaria de Urbanismo, “a área está descrita como um estacionamento de veículos e não como um alojamento de atletas de base do clube”. A nota esclarece que não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso de dormitórios e que na área de alvará de funcionamento há registro de pedido de setembro de 2017. A consulta prévia foi deferida pela prefeitura, mas exigidos, conforme determina a legislação, os documentos necessários para a obtenção do alvará de funcionamento, “mas o certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros não foi apresentado, portanto, o alvará não foi concedido”. A prefeitura diz ainda que “diante de tudo acima listado, o município vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades no caso do incêndio ocorrido hoje”. (Agência Brasil).


 
(0) comentário(s)
publicidade
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
19.Abr.2019 - Caetité: Dois fugitivos morrem durante confronto com equipes da CIPE-SUDOESTE
19.Abr.2019 - Capitão PM Vandilson é agraciado com a Medalha do Mérito Marcheral Argolo
17.Abr.2019 - Homem morre após acidente entre moto e carro na BA-148
16.Abr.2019 - Indivíduo com faca rouba Salão de Beleza no Centro de Livramento
16.Abr.2019 - Governo anuncia novas medidas para atender caminhoneiros
15.Abr.2019 - PM ex-integrante da 46ª CIPM, Bruno Dinossauro, é campeão brasileiro de Jiu Jitsu
14.Abr.2019 - Confira a agenda do IME desta semana
14.Abr.2019 - Delegado fica ferido em acidente de moto na BR-430 entre Igaporã e Caetité
13.Abr.2019 - Autopromoção em redes sociais e obras públicas coloca o prefeito de Sítio do Mato na condição de réu em processo
13.Abr.2019 - Confira fotos do 2ª Dom Basílio realizada com sucesso pela prefeitura
  • :
 
 
 
comentários
 
Rio de Contas: "Gasolina a R$ 5,12 e 5,20! Conheça a cidade onde é mais caro abastecer o carro"
José Maria
Sou de Rio de Contas e nunca abasteci nesse Posto, realmente é um absurdo o valor cobrado nele, por onde...
 
Rio de Contas: "Gasolina a R$ 5,12 e 5,20! Conheça a cidade onde é mais caro abastecer o carro"
Joao 30
Isso é um roubo, o cidadao tem q ser esperto e ñ abastecer mais nesses postos. basta os politico q rouba...
 
Rio de Contas: "Gasolina a R$ 5,12 e 5,20! Conheça a cidade onde é mais caro abastecer o carro"
Antônio Abrantes
O ministério público deveria fiscalizar esses postos de combustíveis das cidades de Rio de contas e livramento.
 
Rio de Contas: "Gasolina a R$ 5,12 e 5,20! Conheça a cidade onde é mais caro abastecer o carro"
Helio Dourado Silva
Aqui no em interior de SP ta 3:60 e 4 : 10 so ai na Bahia que ta esse preço
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2019. Todos os direitos reservados.
 [email protected]