publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
02.Jul.2019 | 08:38
 
Independência do Brasil - Dois de Julho na Bahia
 

 
A independência do Brasil não se definiu com o discurso de D. Pedro I em Sete de Setembro de 1822. A Guerra da Independência ocorreu principalmente no Nordeste do País. As lutas no Recôncavo Baiano tiveram um papel chave na consolidação da Independência do Brasil. Até 1763, Salvador foi a capital do Brasil. Os portugueses estavam instalados na região há mais de 200 anos. Portugal era, na época, uma das maiores potências mundiais. O processo de independência do país iniciou-se com os movimentos separatistas do fim do século 18, principalmente em Minas Gerais e Bahia. A Conjuração Baiana, em 1798, também conhecida como Revolta dos Alfaiates, foi um movimento abrangente, com grande participação popular. Buscava-se instalar uma república independente e a libertação dos escravos. A revolta foi sufocada pelos portugueses. Em fevereiro de 1822, chegou de Portugal a designação do Brigadeiro Madeira de Mello para o comando das Armas, na Bahia. A Câmara Municipal negou-se a dar posse ao novo comandante. A partir de então, iniciou-se as lutas entre portugueses e brasileiros. Os soldados lusos tomaram Salvador. Os brasileiros cercaram a cidade e intensificaram a guerrilha urbana. As batalhas ocorreram no Recôncavo baiano com os brasileiros inicialmente sob o comando do general Pedro Labatut e, posteriormente, do coronel José Joaquim de Lima e Silva. O exército brasileiro conquistou gradativamente o controle das cidades do Recôncavo. Itapuã, onde existia um quartel do exército brasileiro, também foi palco das lutas. Em setembro de 1822, por exemplo, oito portugueses foram mortos em um ataque na região, incluindo um coronel, muitos ficaram feridos. Em 5 de fevereiro de 1823, chegou um brigue de Fayal e foi assaltado por muitas baleeiras na altura de Itapuã, como noticiado pela gazeta Idade d'Ouro do Brazil, do dia 7. O brigue foi acudido pela corveta Activa, que fez estragos nas baleeiras e aprisionou uma delas. A Idade d'Ouro, fundada em Salvador, foi o primeiro jornal privado do Brasil, mas defendia os portugueses e deixou de circular após a Independência. A batalha decisiva foi a de Pirajá, no subúrbio de Salvador. Em Dois de julho de 1823, as tropas brasileiras entraram em Salvador. O Decreto Imperial de 12 de agosto de 1831 declarou o dia 2 de julho de festividade nacional na província da Bahia.

 
(0) comentário(s)
publicidade
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
01.Dez.2020 - Missão Chang'e-5: Sonda chinesa vista do Brasil semana passada pousa na Lua
01.Dez.2020 - Cuidado no trânsito! Sinalização de pistas sugere proibição de ultrapassagem em toda extensão das avenidas principais de Livramento
01.Dez.2020 - Réveillon e Carnaval na Bahia só depois da vacina
30.Nov.2020 - Barra da Estiva: Mais um acidente em estrada da região tira a vida de motorista de 33 anos
30.Nov.2020 - Motociclista morre em colisão contra automóvel próximo de Sussuarana; veículos pegam fogo
30.Nov.2020 - Livramentense de 38 anos morre em acidente no Estado de Minas Gerais
29.Nov.2020 - Herzem Gusmão é reeleito prefeito de Vitória da Conquista
29.Nov.2020 - Livramento: Secretaria de Saúde divulga dados superficiais em relação à realidade sobre COVID-19; Paciente luta por vaga em UTI
27.Nov.2020 - Expectativa de vida do brasileiro cresce para 76,6 anos, diz IBGE
25.Nov.2020 - Bolsonaro não descarta prorrogação do auxílio emergencial
 
comentários
 
Cuidado no trânsito! Sinalização de pistas sugere proibição de ultrapassagem em toda extensão das avenidas principais de Livramento
David
Ficou complicado, porque o que tem de gente que tira o carro da garagem só pra passear andando a 15 ou...
 
Bolsonaro não descarta prorrogação do auxílio emergencial
José Sinval
A ta. Sentem e esperem viu. Esse cara não honra nem as calças dele, vai honra compremissões! Eu dúvida....
 
Rio de Contas: Barragem Luiz Vieira está muito perto de sangrar
Durval Guimarães Tanajura
Explanação muito bem feita. Obrigado.
 
Com aumento de mortes e casos de Covid-19, Brasil pode retomar isolamento social
Alana M
Sim e preparem Livramentenses pelo pouco caso que fizeram com a covid durante a política , o preço ta...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2020. Todos os direitos reservados.
 sai@l12.com.br