publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
06.Ago.2019 | 02:08
 
Governo inaugura usina solar flutuante no reservatório de Sobradinho
 

 

O governo federal inaugurou hoje (5) a primeira etapa da usina solar fotovoltaica flutuante, que transforma a luz solar em energia elétrica, instalada pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) no reservatório da Usina Hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia. O empreendimento aproveita a área represada do Rio São Francisco e tem capacidade de gerar de 1 megawatt-pico (MWp) de energia. O objetivo do governo federal é ampliar essa experiência, de instalar painéis solares em espelhos da água, para atrair investimentos privados e promover leilões de geração de energia renovável na área de transposição do Rio São Francisco. De acordo com os ministérios de Minas e Energia e do Desenvolvimento Regional, é possível elevar o potencial energético abrangido pelo Projeto de Integração do Rio São Francisco, estimado em 3,5 GigaWatts, e garantir recursos para o bombeamento das águas do rio, que hoje custam R$ 300 milhões por ano. “Esse solo escaldante e esse calor abundante é o que vão gerar energia para que os motores funcionem e irriguem o nosso sertão de verdade”, disse o presidente Jair Boslonaro, durante a inauguração da usina da Chesf. “Essa nova forma de buscar energia com placas fotovoltaicas em cima de um lago como esse aqui é bem-vindo ao Brasil”, completou. Bolsonaro destacou que, se todo o potencial do espelho d'água de Sobradinho fosse utilizado para energia solar fotovoltaica, seria possível gerar 60% mais energia do que as próprias turbinas da usina hidrelétrica. O reservatório de Sobradinho tem uma superfície de 4,2 mil quilômetros quadrados, com uma hidrelétrica capaz de gerar 1,05 mil MegaWatt. A experiência de placas solares flutuantes deve servir de modelo para o uso das placas ao longo dos 477 quilômetros canais de transposição, aquedutos e reservatórios. Além de gerar energia, as placas devem ajudar a reduzir a evaporação da água. As laterais dos canais também poderão ser implantadas placas solares. O governo destaca que, nos dois casos, tanto de usinas flutuantes quanto terrestres, não há necessidade de desapropriação de terras.


 
(0) comentário(s)
publicidade
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
13.Dez.2019 - Homem morre atropelado por motocicleta em Brumado
13.Dez.2019 - Livramento: Fogo volta a consumir vegetação, desta vez na região de Cana Brava
12.Dez.2019 - CICOM de Brumado auxilia resgate de casal de turistas perdido em trilha na Chapada Diamantina
11.Dez.2019 - Pela primeira vez, Governo paga o décimo terceiro do Bolsa Família
11.Dez.2019 -
10.Dez.2019 - Dom Basílio: Homem morre após acidente entre moto e caminhão na BA-148
09.Dez.2019 - Rio de Contas: Nível da Barragem Luis Vieira só desce e preocupa
09.Dez.2019 - Caetité: Médico morre durante temporal deste domingo (08); fenômeno assustou moradores
09.Dez.2019 - Livramento: Bandidos atacam família levam dinheiro e pertences no Mucambo
08.Dez.2019 - Cruzeiro rebaixado para a Série B
 
 
comentários
 
Governo edita medida para motivar transporte rodoviário de passageiros
Joao30
Ja estava passando da hora de acabar com esse monopolio de algumas empresas q circula em nossa regiao,...
 
Desembargador Lourival Trindade é eleito novo presidente do TJBA
Wanderley Ferreira
Parabéns meu prezado amigo,nada mais acertado que a escolha de seu nome para conduzir essa instituição...
 
Porco espinho é flagrado perambulando numa rua em Livramento; Cães são atacados
Giovanni Tanajura
Esse vídeo tem uns quatro meses ou mais... É um ouriço, também chamado de luís cacheiro (Coendou prehensilis),...
 
Efeito da alta do preço da carne chega ao consumidor livramentense
Josésinval Rocha Da Silva.
Esse é o efeito Bolsonaro. Mas como sempre, a culpa édo Lula ou da Dilma. Kkk Sinval
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2019. Todos os direitos reservados.
 [email protected]