publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
04.Out.2019 | 11:04
 
ALBA: LÍDERES INDICAM COMPONENTES PARA A COMISSÃO DO TRANSPORTE ALTERNATIVO
 

Divulgação / AgênciaALBA.
 
Os líderes do governo, deputado Rosemberg Pinto (PT), e da oposição, Targino Machado (DEM), protocolaram ontem na Secretaria Geral da Mesa ofícios designando os componentes da Comissão Especial para Debater a Regulamentação do Transporte Alternativo na Bahia. A indicação dos nomes vai propiciar a instalação do novo colegiado, medida abraçado pelo presidente da Casa, deputado Nelson Leal (PP), após audiência pública realizada pela Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, sob a coordenação do deputado Robinson Almeida Lula (PT).
 
A nova comissão especial se deterá sobre os efeitos e os meios de contornar os problemas propiciados pela Lei Federal 13.855/2019, que entrará em vigor no dia 8 de outubro.Sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, a nova lei transforma em infração gravíssima o transporte remunerado de pessoas ou bens sem autorização. O texto também determina perda de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação e a aprensão do veículo. Atualmente, o transporte complementar irregular é considerado uma violação média.
 
COMPOSIÇÃO
 
Participarão pela bancada governista os deputados Robinson Almeida (PT), Jusmari Oliveira (PSD), Zó (PC do B), Alex Lima (PSB), Eduardo Salles (PP) e Samuel Junior (PDT). Rosemberg e Osni Cardoso (PT) serão os suplentes. Os representantes da oposição são Targino Machado (DEM), Pastor Tom (PSL), Tiago Correia (PSDB), sendo suplente Pedro Tavares (DEM). O colegiado poderá ser instalado em qualquer data a partir desta sexta-feira.
 
O presidente recebeu esta semana comissão formada pelos deputados Robinson Almeida, Zé Cocá (PP), Eduardo Salles, Jusmari Oliveira (PSD), Osni Cardoso e o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, ocasião em que decidiu pela criação da comissão com prazo de 180 dias para regulamentar o setor ao nível estadual. “O transporte alternativo é um eixo importante para a economia dos municípios e, dessa forma, tem todo apoio da ALBA para ser regularizado”, frisou Nelson Leal.
 
RISCO
 
Os representantes de cooperativas e de sindicatos da categoria indicam que a mudança no Código de Trânsito Brasileiro coloca em risco um serviço que impulsiona a economia dos municípios baianos e garante a mobilidade de grande parte da população. Na Bahia, o Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros (SRI) está sujeito à regulação da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). 
 
A Lei nº 11.378/2009 e o Decreto 11.832/2009 determinam que esse tipo de serviço deve ser oferecido por concessão ou permissão, através de licitação. Entretanto, os efeitos da lei foram suspensos pela Justiça. Com isso, o Ministério Público (MP) firmou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) em 2015 e, das 272 linhas que seriam licenciadas, apenas 52 receberam a autorização nos últimos quatro anos. Situação que causa a reclamação dos trabalhadores que denunciam a morosidade do sistema em cadastrar os veículos e licitar as permissões. 
 
“Temos que ter segurança jurídica na condução dessa questão, envolvendo todas as partes da forma mais harmoniosa possível para chegarmos num acordo”, frisou o deputado Robinson Almeida. O petista destacou a defasagem do TAC e acredita que a solução seja mesmo a atualização da lei estadual e novas regras para uma nova licitação. “A Assembleia Legislativa está do lado de vocês para que cada condutor possa ter segurança ao dirigir o seu veículo” garantiu Robinson. “O Brasil precisa de trabalho e não de mais desempregado como o presidente está querendo”, completou, defendendo. uma autorização provisória para que o transporte tenha continuidade com segurança, enquanto aguardam a regularização e liberação da concessão definitiva pela Agerba. 

 
(0) comentário(s)
publicidade
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
21.Nov.2019 - Clínica IME: Laparoscopia oferece várias vantagens face às técnicas cirúrgicas
21.Nov.2019 - Galvão Bueno passa mal, é operado às pressas em Lima e não narrará final da Libertadores
21.Nov.2019 - BLACK FRIDAY: ÓTICAS SOL OFERECE ATÉ 50% DE DESCONTO
20.Nov.2019 - Livramento: Time do Kinka sai na frente no primeiro jogo da final do Cinquentinha
20.Nov.2019 - Artilheiro do River coloca final da Libertadores com Flamengo ‘mais difícil do que com o Boca'
19.Nov.2019 - Desembargadores e juízes são alvos de operação da PF na Bahia
18.Nov.2019 - FEIRÃO DE COLCHÕES ORTOBOM TEM DESCONTOS DE ATÉ 40% EM LIVRAMENTO
16.Nov.2019 - China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics
16.Nov.2019 - Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, alerta Inca
16.Nov.2019 - Incidência de raios e trovões devem atingir a região nas próximas 24 horas
 
 
comentários
 
Desembargadores e juízes são alvos de operação da PF na Bahia
José Sinval
Os políticos de livramento, devem ficarem com as barbas de molho. Sinval
 
China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics
José Sinval
Bom. Eu acho que não deve confiar nessa informação. Pq em viagem pelo oriente médio ele disse tb que...
 
Lula é solto da sede da PF em Curitiba
José Sinval
A justiça tarda mas não falha. Parabéns presidente Lula. Bem vindo a vida normal Sinval
 
Defesa de Lula pede para ex-presidente deixar prisão após decisão do STF
José Sinval
Agora sim. A justiça foi feito. Que se danem os bozonaristas de plantão. Sinval
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2019. Todos os direitos reservados.
 [email protected]