publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
10.Out.2019 | 13:10
 
Governo arrecada R$ 8,915 bi com leilão de petróleo
 

 

O governo arrecadou R$ 8,915 bilhões em bônus de assinatura, de 11 empresas e consórcios ofertantes e dez vencedoras. O bônus foi recorde em leilões sob o regime de concessão. O ágio ficou em 322%. Ao todo, foram arrematados 12 blocos, de um total de 36, em áreas de pós-sal em cinco bacias sedimentares. O maior desembolso foi pago pela consórcio formado pela Chevron, Petronas e QPI, R$ 4,029 bilhões. A presença da Petronas, petroleira da Malásia, também surpreendeu. A Petrobrás levou um único bloco - o CM-477, na Bacia de Campos - em consórcio com a BP Energy. Essa área foi a que obteve o maior ágio, 1.744%. O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, comemorou o resultado. "O bônus é o maior do regime de concessão e superou todas as nossas expectativas. Os recursos irão para o Tesouro Nacional e serão aplicados dentro da política pública, inclusive na área do meio ambiente", afirmou. Presente no evento, o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, disse que chegou a pensar em adiar a 16ª Rodada temendo a falta de interesse das empresas, diante de outros leilões que serão realizados. "Cheguei a ventilar adiar esse leilão, mas mantê-lo se mostrou acertado", disse, minimizando o encalhe de 11 áreas na bacia de Santos.  Albuquerque informou que as áreas não vendidas serão incluídas na oferta permanente da ANP - áreas de petróleo e gás que podem ser solicitadas pelas empresas fora dos leilões. Segundo ele, a ideia é incluir também na Oferta Permanente as áreas que não forem vendidas nos leilões do pré-sal, sob o regime de partilha de produção. "A próxima reunião do CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) no dia 18 de novembro deve discutir a inclusão do pré-sal na Oferta Permanente", disse o ministro na coletiva de imprensa após o leilão. Albuquerque afirmou que o governo ainda não tem uma posição definida sobre o direito de preferência da Petrobras em todos os leilões sob o regime de partilha, mas que isso será discutido em um grupo de trabalho sobre a gestão das licitações do setor no Brasil. "Vamos criar o programa de aprimoramento das Licitações que tem como propósito aprimorar a política das licitações e maximizar o valor arrecadado pela União, isso será submetido ao CNPE e terá a participação de todos", explicou o ministro. (Estadão).


 
(0) comentário(s)
publicidade
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
20.Nov.2019 - Livramento: Time do Kinka sai na frente no primeiro jogo da final do Cinquentinha
20.Nov.2019 - Artilheiro do River coloca final da Libertadores com Flamengo ‘mais difícil do que com o Boca'
19.Nov.2019 - Desembargadores e juízes são alvos de operação da PF na Bahia
18.Nov.2019 - FEIRÃO DE COLCHÕES ORTOBOM TEM DESCONTOS DE ATÉ 40% EM LIVRAMENTO
16.Nov.2019 - China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics
16.Nov.2019 - Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, alerta Inca
16.Nov.2019 - Incidência de raios e trovões devem atingir a região nas próximas 24 horas
16.Nov.2019 - Empreiteiro é acusado de agredir trabalhador com golpes de enxada em Livramento
15.Nov.2019 - CDL de Livramento lança campanha de Fim de Ano; Haverá sorteio de prêmios e arrecadação de alimentos
15.Nov.2019 - Confira a agenda do IME desta semana
 
 
comentários
 
Desembargadores e juízes são alvos de operação da PF na Bahia
José Sinval
Os políticos de livramento, devem ficarem com as barbas de molho. Sinval
 
China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics
José Sinval
Bom. Eu acho que não deve confiar nessa informação. Pq em viagem pelo oriente médio ele disse tb que...
 
Lula é solto da sede da PF em Curitiba
José Sinval
A justiça tarda mas não falha. Parabéns presidente Lula. Bem vindo a vida normal Sinval
 
Defesa de Lula pede para ex-presidente deixar prisão após decisão do STF
José Sinval
Agora sim. A justiça foi feito. Que se danem os bozonaristas de plantão. Sinval
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2019. Todos os direitos reservados.
 [email protected]