publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
12.Jan.2020 | 08:29
 
Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019
 

 

As exportações do setor do agronegócio somaram US$ 96,8 bilhões no ano passado. Esse valor representa 43,2% do total exportado pelo Brasil, segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Os dados mostram leve crescimento do setor nas exportações totais do país. Em 2018, essa participação havia sido de 42,3%.

O destaque foi o comércio de milho, carnes e algodão. O milho registrou volume recorde de exportação, com 43,25 milhões de toneladas. O recorde anterior foi registrado em 2017, com 29,25 milhões de toneladas do cereal exportadas.

Ainda de acordo com o ministério, a China se tornou o principal cliente da carne bovina brasileira. O país asiático é responsável por 26,8% do volume total exportado. Com isso, ultrapassou Hong Kong, que ficou na segundo posição, com 18,6%.

Milho

A produção de milho na safra 2018/2019 também foi recorde, somando 100 milhões de toneladas, gerando um excedente exportável de milho de praticamente 20 milhões de toneladas em relação à quantidade exportada em 2018.

Já a soja teve redução de quase 10 milhões de toneladas nos embarques, queda que foi compensada em parte pelas vendas de carnes (bovina, suína e de frango), milho e algodão.

Carnes

As vendas externas das carnes passaram de US$ 14,68 bilhões em 2018 para US$ 16,52 bilhões em 2019, alta de 12,5%. O impacto da peste suína africana em diversos países, principalmente no rebanho chinês, ajudou no incremento das exportações brasileiras de carnes.

A carne bovina foi a principal carne exportada pelo Brasil, com US$ 7,57 bilhões em vendas externas no ano de 2019 (+15,6%). Este valor é recorde para toda a série histórica. O volume exportado de carne bovina também foi recorde, atingindo 1,85 milhão de toneladas.

Algodão

O destaque do setor de fibras e produtos têxteis foi para o aumento das vendas de algodão não cardado nem penteado, que subiram de US$ 1,69 bilhão em 2018 para US$ 2,64 bilhões em 2019 (+56,5%).


 
(0) comentário(s)
publicidade
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
27.Jan.2020 - Polícia recupera veículo suspeita de ter sido furtado em Livramento
26.Jan.2020 - Acidente de helicóptero em Los Angeles mata Kobe Bryant, ex-jogador da NBA
24.Jan.2020 - Cúpula do movimento "Direta Livramento" se reúne sob o mote de difundir o pensamento conservador no município
24.Jan.2020 - Piatã: Moradores cogitam fazerem protesto contra às más condições da BA-148
24.Jan.2020 - Brasil cria 644 mil empregos formais em 2019, melhor resultado em 6 anos
23.Jan.2020 - Polícia divulga balanço de apreensão de motos em Livramento nesta semana
23.Jan.2020 - Moradores reclamam de arruaça de motoqueiros em Livramento
23.Jan.2020 - Coronavírus na China: perguntas e respostas sobre doença pulmonar
21.Jan.2020 - Voltará a chover em Livramento a partir do final da tarde desta terça-feira (21)
21.Jan.2020 -
 
 
comentários
 
C?pula do movimento "Direta Livramento" se re?ne sob o mote de difundir o pensamento conservador no munic?pio
Abc
S? n?o vale conservar os direitos e as tradi?es dos povos ind?genas e nem as liberdades individuais do...
 
C?pula do movimento "Direta Livramento" se re?ne sob o mote de difundir o pensamento conservador no munic?pio
E R P
Livramento, precisa de mudan?a mesmo
 
C?pula do movimento "Direta Livramento" se re?ne sob o mote de difundir o pensamento conservador no munic?pio
Edivaldo Nascimento
Se for pra concorrer nas elei?es 2020. Prepare tbm vereadores novos comprometidos com a ?tica, a moral...
 
Moradores reclamam de arrua?a de motoqueiros em Livramento
Naide Oliveira Sousa
Isso causa um desconforto total para popula??o. Acontece q os baderneiros, na maioria das vezes s?o pessoas...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2020. Todos os direitos reservados.
 [email protected]