publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
25.Jun.2020 | 11:37
 
Pandemia devolve essência da festa junina e famílias comemoram de forma privada
 

Famílias aproveitaram para se confraternizar e comemorar o São João de maneira privada em 2020. (Foto: Reprodução Instagran)
 

Do L12 Sudoeste

Pela primeira vez na história, os tradicionais festejos juninos não foram realizados no formato em que todos já estavam acostumados. Em razão do distanciamento social, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como forma mais eficaz de reduzir a transmissão do novo coronavírus, os municípios brasileiros, principalmente do Nordeste, onde o período é considerado típico nessa região, embora não exclusiva, cancelaram todos os eventos integrantes dos festejos juninos e as demais festividades.

Neste ano, as bandeirolas, ornamentações, cantores e bandas famosas sobre os palcos deram lugar às máscaras. Além da situação de emergência em saúde pública, o freio junino foi motivado também pela queda de receitas municipais em consequência da crise econômica gerada pelo avanço da Covid-19.

Mesmo com todas as dificuldades que rodeiam a vida do povo, a tradição de ascender fogueira e comemorar o dia de São João Batista foi mantida.

Saíram de cena as quadrilhas juninas, as festas de palco, as ornamentações e, no lugar, entraram as lives com artistas para animar e um detalhe que chamou atenção: As famílias voltaram a se reunir para comemorara data de maneira privada, sem se preocupar com as chamadas “festas de largo”, que de certa forma vinha ocupando esse espaço.

As fogueiras e os fogos continuaram no cenário, iluminando a noite e esquentando os corações. Enfim, por um motivo de vontade da natureza foi resgatado, pelo menos este ano, a verdadeira essência da festa junina nordestina.


 
(1) comentário(s)
 
comentários
 
Ivan escreveu: Nessa foto mostra a verdadeira festa Junina em família,mas infelismente nem todos respeitaram essa cultura,em outros lugares como meu povoado alguns fizeram baderna,com muita bebidas,som ,todos os tipos de fogos de artíficio sem consideração e nem respeito a pessoas idosas,crianças,pessoas enfermas,e ainda por cima aglomerações desordenadas,São João é cultura,não é pra armar um circo e fazer palhaçada.
26.Jun.2020
 
 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
16.Jan.2021 - Mortes por Covid-19 em Brumado chega a 46
16.Jan.2021 - Livramento: Polícia Militar informa que vai iniciar operação com finalidade conter aglomerações na zona rural
16.Jan.2021 - Manaus recebe 70 mil metros cúbicos de oxigênio vindos de Belém
16.Jan.2021 - Brumado: Com apoio da PM, Embasa retira ligações clandestinas na Lagoa Funda
16.Jan.2021 - Quatro pessoas morrem e mais de 20 ficam feridas após ônibus tombar em rodovia do oeste da Bahia
13.Jan.2021 - Torne-se um (a) Terapeuta!
11.Jan.2021 - Rui Costa anuncia Paulo Coutinho como novo comandante-geral da Polícia Militar da Bahia
11.Jan.2021 - Ford anuncia o fim da produção de carros no Brasil
11.Jan.2021 - COVID-19 acumula 6 óbito em Paramirm
11.Jan.2021 - OMS enviará técnicos à China para investigar origem da Covid-19
 
comentários
 
Cuidado no trânsito! Sinalização de pistas sugere proibição de ultrapassagem em toda extensão das avenidas principais de Livramento
David
Ficou complicado, porque o que tem de gente que tira o carro da garagem só pra passear andando a 15 ou...
 
Bolsonaro não descarta prorrogação do auxílio emergencial
José Sinval
A ta. Sentem e esperem viu. Esse cara não honra nem as calças dele, vai honra compremissões! Eu dúvida....
 
Rio de Contas: Barragem Luiz Vieira está muito perto de sangrar
Durval Guimarães Tanajura
Explanação muito bem feita. Obrigado.
 
Com aumento de mortes e casos de Covid-19, Brasil pode retomar isolamento social
Alana M
Sim e preparem Livramentenses pelo pouco caso que fizeram com a covid durante a política , o preço ta...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2021. Todos os direitos reservados.
 sai@l12.com.br