publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
21.Set.2020 | 11:12
 
Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais
 

 

Com um indício de queda nas curvas de mortes e casos por covid-19, um dos principais temas nos processos de reabertura econômica e flexibilização do isolamento nos estados tem sido a situação das aulas nas redes de ensino. Até o momento a maioria dos estados segue sem aulas presenciais. As atividades pedagógicas presenciais reiniciaram primeiramente no estado do Amazonas, em agosto. Lá, a preocupação agora é com o monitoramento dos profissionais de educação e alunos, que vem ensejando uma disputa judicial entre professores e o governo estadual. A contenda também ocorre no Rio de Janeiro, em relação às aulas na rede privada. No Rio Grande do Sul o calendário iniciou em setembro pela educação infantil, com previsão de término para novembro. No Pará, o governo autorizou aulas presenciais nas regiões classificadas nas bandeiras Amarela, Verde e Azul. Rondônia adiou o início das aulas até o dia 3 de novembro. O Rio Grande do Norte suspendeu as aulas até o fim do ano. Em outros estados não há definição de data de retorno. Estão neste grupo Distrito Federal, Goiás, Pernambuco, Ceará, Alagoas, Maranhão, Bahia, Paraná, Mato Grosso, Acre e Roraima. Contudo, em alguns estados foi decretado o retorno das atividades pedagógicas remotas. O governo de Mato Grosso havia determinado a volta nessa modalidade para a educação básica no início de agosto, mesma situação do Amapá. No estado, as aulas em casa foram permitidas também para os alunos da Universidade Estadual (Ueap). No Tocantins, o ensino remoto foi definido para os alunos do ensino fundamental da rede estadual no dia 10 de setembro. Em Alagoas, a retomada por meio de aulas remotas ocorreu no dia 17 de setembro. Em Minas Gerais, foi autorizado o retorno das aulas práticas dos cursos de saúde apenas, que passaram a ser consideradas serviço essencial. No Rio de Janeiro, a volta às aulas na rede particular está em disputa judicial, enquanto a região metropolitana teve piora nos indicadores de risco para covid-19 e pode retroceder na classificação.


 
(0) comentário(s)
publicidade
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
 Código:
 
 
22.Out.2020 - Livramento: Acessórios para celular e assistência técnica você encontra na JPCELL ACESSÓRIOS
22.Out.2020 - Kassio Marques é aprovado pelo Senado e assumirá vaga no STF
15.Out.2020 - Juiz eleitoral defere registro de candidatura de Carlão e põe fim a suspense
13.Out.2020 - Polícia Militar prende três homens armados em Dom Basílio
12.Out.2020 - Livramento: Suspeito de chefiar facção criminosa morre em confronto com o Peto, diz polícia
10.Out.2020 - Moradores reclamam que estão sem água nas torneiras em Livramento
09.Out.2020 - Gusttavo Lima e Andressa Suita anunciam separação
09.Out.2020 - Rui defende reforma tributária para impulsionar setor produtivo na Bahia
09.Out.2020 - Incêndio de grandes proporções atinge Mucugê e Andaraí
06.Out.2020 - PARABÉNS LIVRAMENTO PELOS SEUS 99 ANOS


 
comentários
 
Juiz eleitoral defere registro de candidatura de Carlão e põe fim a suspense
José Sinval
Boa noite. Imaginem a conta que o povo de livramento vai pagar para esse cara ser absolvição. Podem...
 
Livramento: Suspeito de chefiar facção criminosa morre em confronto com o Peto, diz polícia
Jose Sinval
Parabéns para PM. Sinval
 
Moradores reclamam que estão sem água nas torneiras em Livramento
José Sinval
Boa tarde. Reclamar dentro de casa, não adianta. O povo tem que irem para as ruas lutar pelos seus...
 
Moradores reclamam que estão sem água nas torneiras em Livramento
Oli
Coloca Rio de Contas tmb nesta insatisfação com a embasa. Pior de tudo é não ter outra opção. Monopólio...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2020. Todos os direitos reservados.
 sai@l12.com.br