22.Ago.2013 | 16:59
 
Piatã: Internauta denuncia construção de barragem supostamente irregular
 

Alerta para impactos futuros da construção de barragem. Foto: Reprodução
 

No município de Piatã, na Chapada Diamantina, que fica a 568 km de Salvador, um internauta denuncia desmate e a construção de uma barragem no Leito de Rio das Pedras, afluente do Rio de Contas, supostamente realizadas sem a autorização do órgão ambiental competente. Ele pede apoio nas redes sociais e ações conjuntas no sentido de intensificar a fiscalização e chamar a atenção dos órgãos competentes, na tentativa de coibir provável crime ambiental que está ocorrendo naquele município. Ele pede ainda o embargo definitivo da obra. Confira o teor da denúncia:
 

"Duas empresas do agropolo de Cascavel, Hayashi e Bagisa, estão atuando forte nas últimas semanas nos Gerais de Piatã, para construir duas barragens no Rio das Pedras - uma das nascentes do Rio de Contas! Um rio que fornece água de beber (água limpíssima!) para varias comunidades! Essas barragens serão construídas para possibilitar o cultivo intensivo de sementes de batatas, alto uso de veneno programado, pior que tomate!".
 

Continuação: "Piatã é famoso pelo seu café de alta qualidade produzido pela agricultura familiar! Um lugar ainda preservado! Como começaram a obra sem licença de supressão vegetal, a obra foi embargada. Mas eles agem com a força do dinheiro e continuam pressionando para terminar a obra. Esse empreendimento não vai trazer benefício para os habitantes de Piatã, ao contrário, vai trazer sérios problemas para as atuais habitantes e próximas gerações. Vejam a situação em Cascavel hoje, onde eles construíram uma barragem vinte anos atrás! Cascavel é o lugar mais poluído e socialmente injusto de toda Chapada Diamantina, com sérios problemas de criminalidade! Queremos um futuro melhor para os piatãnenses!", escreveu o denunciante, alertando para impactos futuros da construção da referida barragem.