19.Abr.2017 | 20:13
 
Retificação: Érico Cardoso não perderá repasses federais com atualização dos limites territoriais
 

Foto: L12 Sudoeste.
 

Matéria publicada pelo L12 Sudoeste nesta quarta-feira (19), intitulada “Comunidades de Sapé e Gerais deixarão de pertencerem a Érico Cardoso e se integram a Rio de Contas” trouxe uma informação equivocada. Onde está escrito que “Érico Cardoso sofrerá redução”, na verdade, segundo explicações do autor do projeto de Lei, deputado Marquinhos Viana (PSB), não haverá nenhuma mudança nos repasses do FPM com relação a Érico Cardoso. Mesmo o município sofrendo uma ligeira redução na população, ainda ficará dentro quantitativo populacional correspondente ao atual valor que recebe de repasses do FPM.

Entenda porque Érico Cardoso não perderá repasses do FPM

Atualmente com população estimada em 11.405 habitantes, o município de Érico Cardoso possui um coeficiente de 0,8 (De 10.189 a 13.584), de acordo tabela do FPM. Ou seja, mesmo perca das duas comunidades (cerca de 200 habitantes) o quantitativo populacional ainda permanecerá na meta exigida. Ao contrario, com população estimada em 13.581, Rio de Contas, também estava no coeficiente 0,8, faltando apenas 4 (quatro) habitantes para atingir o coeficiente 1.0 (De 13.585 a 16.980), onde terá os recursos do FPM modificados para um valor bem maior.

Em contado com o L12 sudoeste, o deputado explicou que a câmara estadual não aprova projetos dessa natureza quando é para prejudicar os municípios. Esclareceu que as mudanças atenderão solicitações das próprias comunidades envolvidas, tendo em vista que a distancia de Sapé e Gerais para Rio de Contas corresponde a aproximadamente 20 quilômetros. No entanto, em relação á Érico Cardoso essa distancia corresponde cerca de 50 quilômetros. Ele acredita que as mudanças trarão  benefícios, principalmente na questão de logística, para ambos os munícipios.