07.Ago.2017 | 21:48
 
Jussiape: Vereadores aliados tecem duras críticas à gestão e anunciam rompimento político com o prefeito
 

Foto: L12 Sudoeste.
 

Do L12 Sudoeste

A hegemonia do prefeito Éder Jakes Souza Aguiar na Câmara Municipal de Jussiape, a 58 Km de Livramento de Nossa Senhora, começou a ser quebrada no início deste último final de semana. Dois vereadores da base governista, José Roberto Ribeiro de Carvalho e Edilando Vieira Brandão dos Santos, ambos do mesmo partido do gestor, o PMDB, anunciaram, durante sessão na Câmara, ocorrida na última sexta-feira, dia 4, que formarão um grupo independente no Legislativo, o G2. Os dissidentes por enquanto não irão dificultar a aprovação e discussão de projetos do prefeito daqui pra frente, porque a atual administração ainda permanece com maioria na bancada; atualmente 7 vereadores, mas a partir de agora terá uma oposição barulhenta, recheda de denuncias contra a administração local. Na mesma oportunidade, o edil José Roberto começa o bombardeio contra a administração  de Jussiape, ligou a metralhadora giratória e disparou contra a Prefeitura de local. "[...] Os motivos da minha saída é a meneira pelo qual o gestor vem administrando o município, pautado na mentira, na humilhação ao povo quando vai à prefeitura, na contração e nomeação de pessoas que não são do nosso município, por não honrar os compromissos de campanha, que assumiu em público e por não comprar no comércio local, deixando de gerar renda, emprego e impostos para o nosso município", denunciou o vereador no plenário da Câmara. José Roberto, prometeu, ainda, futuras denuncias de supostas irregularidades no trasporte escolar do município. O prefeito até o momento não se pronunciou sobre o caso. Confira na reportagem editada pelo Jornalista Wiil Assunção, do site Jussi Up: