09.Ago.2017 | 06:20
 
Seis trabalhadores rurais de território quilombola são mortos na Chapada Dimantina
 

Território Quilombola de Iúna fica no distrito de Tanquinho, em Lençóis (Foto: Incra/ Divulgação)
 

Seis trabalhadores rurais do Território Quilombola de Iúna, que fica no distrito de Tanquinho, em Lençóis, na região da Chapada Diamantina, na Bahia, foram assassinados na madrugada de segunda-feira (7). As informações foram divulgadas nesta terça-feira (8). De acordo com a polícia, as seis mortes possuem ligação. Quatro deles foram assassinados em uma residência e os outros dois em uma segunda casa. A polícia não deu detalhes do caso para não atrapalhar as investigações, mas contou que pessoas já foram ouvidas. A Superintendência Regional do Incra/BA emitiu nota de pesar e disse que a instituição se solidariza com a comunidade Iúna e com as famílias das vítimas, que foram identificadas como Adeilton Brito de Souza, Gildásio Bispo das Neves, Amauri Pereira Silva, Valdir Pereira Silva, Marcos Pereira Silva e Cosme Rosário da Conceição. De acordo com o Incra, os crimes foram comunicados à Delegacia Agrária e a Casa Militar também será oficiada. Conforme a Polícia Civil, o caso será investigado pela Delegacia de Lençóis.