21.Set.2017 | 11:31
 
Polícia prende viúva de empresário durante "Operação Sem Filtro" em Brumado
 

Foto: Reprodução PC.
 

Policiais da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (20ª Coorpin), cumpriram, na manhã desta quarta-feira (20), na cidade de Brumado, mais uma etapa da "Operação Sem Filtro", que tem como foco o combate a falsificação de cigarros e investigação de crimes de formação de organização criminosa, lavagem de dinheiro e crimes contra a saúde pública. De acordo com a polícia, estão sendo cumpridos 16 mandados de prisão e 19 de busca em cidades que envolve os estados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Em Brumado, uma mulher, identificada por Luana Aparecida Figueredo de Souza, viúva do empresário  Charles Meira, que faleceu em abril do ano passado, vítima de acidente de trânsito, foi presa por força de mandado judicial. Ela está sendo acusada de participação na organização criminosa e líder das operações na Bahia. Segundo declarações do Delegado Leonerdo Rabelo, as investigações já vinham sendo realizadas há muito tempo pela Polícia Civil da Bahia e do Paraná, e se trata de uma operação de inteligência que visa a chegar não só a uma pessoa, mas a todos os componentes da organização criminosa e, segundo o delegado, é um trabalho minucioso onde envolve sequestro de bens que foram adquiridos de forma ilícita, com determinação judicial. Luana tem prisão temporária decretada por 5 dias, os podem ser prorrogados. Contra Luana, estão sendo imputados os crimes de participação em organização criminosa, e também os crimes de falsificação de cigarros, que tem como chefe um indivíduo do Paraná. Durante as buscas na residência da acusada a polícia apreendeu aparelhos celulares, talões de cheques, documentos de movimentação dos bens da família, amostras de maços dos cigarros falsificados e munições de armas ( estojos de ponto 40, 9 mm e 357 magnum). 

 

Foto: Reprodução PC.