20.Out.2017 | 18:14
 
Aluno abre fogo, mata dois colegas e fere 4 em escola particular de Goiânia
 

Foto: Reprodução.
 

Um estudante, filho de policial militar, fez disparos contra colegas nesta sexta-feira (20) no Colégio Goyases, localizado no bairro Conjunto Riviera, em Goânia. De acordo com o tenente-coronel Marcelo Granja, da Polícia Militar, os tiros fizeram seis vítimas. Quatro estão feridas e duas morreram no local. Segundo a imprensa local, o jovem suspeito de ter cometido os disparos era do 8º ano e vinha sofrendo bullying de colegas, o que o teria motivado a usar uma arma que seria do pai para cometer o atentado. As vítimas já foram encaminhadas a unidades de saúde da capital goiana. O bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais estudantes contra um ou mais colegas.