01.Nov.2017 | 17:35
 
Piripá: Delegacia é destruída e armas roubadas em protesto
 

Foto: Reprodução G1.
 

Na madrugada de terça-feira (31), o prédio onde funciona a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Piripá, no sudoeste baiano, foi destruída em protesto contra o delegado da cidade, Florisvaldo Nery da Cruz que, segundo parte da população, tem se negado a abrir investigações diante de denúncias de crimes. Conforme informações da TV Sudoeste (afiliada da Rede Bahia/TV Globo), armas apreendidas que era guardadas no local – incluindo armamento pesado – foram levadas durante a ação. Além disso, motocicletas que estavam no pátio da sede, que haviam sido apreendidas, foram roubadas e, na porta da delegacia, carros foram incendiados. Segundo moradores ouvidos pela emissora, há mais de 10 anos o delegado não tem correspondido às expectativas da população. Na quarta-feira passada, uma manifestação, desta vez pacífica, também foi realizada na cidade, com o mesmo intuito. No entanto, nesta terça, a ação foi radical. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar os ataques. Ninguém foi preso. Sobre as reclamações contra o delegado, a assessoria ainda vai se posicionar sobre o caso. O delegado não foi localizado para comentar a situação.