06.Nov.2017 | 07:07
 
Stephen Hawking avisa: robôs podem destruir a humanidade
 

Foto: AFP
 

Desenvolvimento rápido de inteligência artificial pode apresentar uma ameaça á humanidade, afirmou o físico britânico, Stephen Hawking, citado pelo Daily Mail. O cientista receia que a inteligência artificial possa substituir completamente as pessoas. "Se agora, as pessoas desenvolvem vírus de computadores, então no futuro alguém poderá criar uma inteligência artificial, que, por sua vez, poderá se aperfeiçoar e multiplicar. Tal inteligência se tornará uma nova forma de vida, que superará o homem", disse o cientista, citado pelo jornal. Segundo Hawking, em busca de eficiência, robôs poderão querer se livrar das pessoas. Mesmo que isso não aconteça, as pessoas correm o risco de destruir elas mesma. "Já passamos do ponto sem volta. A Terra está ficando pequena demais para nós, a população cresce a ritmos alarmantes, e corremos o risco de nos destruir", alertou o britânico. Por isso, a principal tarefa agora, é envolver o máximo de pessoas possíveis na ciência, para que a humanidade possa conquistar outros planetas e colonizá-los. Antes, o chefe das empresas Tesla Motors e SpaceX, Elon Musk, avisou que a concorrência de países com tecnologias IT fortes, como a Rússia e a China, pela liderança na área do desenvolvimento de inteligência artificial pode levar a uma terceira guerra mundial. (Sputnik).