13.Nov.2017 | 12:58
 
Cientistas revelam novo método rejuvenescedor de células humanas
 

Foto: AFP
 

Uma nova pesquisa descobriu um método para reviver as células velhas do organismo, um avanço que poderia mudar radicalmente o processo de envelhecimento humano. Um grupo de cientistas da Universidade de Exeter e da Universidade de Brighton (Reino Unido) encontrou uma fórmula para rejuvenescer células humanas e fazê-las dividir-se novamente. De acordo com o estudo, publicado na revista BMC Cell Biology, as células rejuvenescidas não apenas parecem jovens, mas também se comportam da mesma forma que as células jovens. A cientista Eva Latorre descreveu o resultado inesperado do estudo: "Quando vi o rejuvenescimento de algumas células no prato de cultura, não pude acreditar." "Essas células velhas são iguais às células jovens. Foi como um milagre. Repeti o experimento várias vezes e as células rejuvenesceram em todas as tentativas. Estou muito animada com as implicações e o potencial desse estudo", afirmou ela. A pesquisa baseia-se nos resultados preliminares que mostraram que os genes conhecidos como "splicing alternativo", cruciais para o pleno funcionamento do organismo, são desativados à medida que envelhecemos. Agora, os cientistas descobriram uma maneira de reiniciar essa função através de intervenção química. De acordo com os pesquisadores, seu método poderia mudar o processo de envelhecimento, dando-nos a oportunidade de experimentar menos degeneração durante esse processo. Hoje em dia, os idosos são mais propensos a sofrer acidentes vasculares cerebrais, doenças cardíacas e outras enfermidades, mas se um rejuvenescimento celular for alcançado, será possível reduzir muitos desses riscos. (Sputnik)