publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
 
Resultado da busca pela tag "unidadebasicadesaude(ubs)":
07.Jan.2014 | 04:48
 
Imbróglio ameaça execução de canteiro de obras no terreno do Campo de Avião
 

Construção da UBS irá beneficiar diretamente as comunidades dos bairros Taquari, Piçarrão, Benito Gama e Jurema, segundo o governo o municipal. (foto: L12 Notícias).
 

Com recursos já garantidos, o prefeito municipal de Livramento de Nossa Senhora, Dr. Paulo Cesar Cardoso de Azevedo, garante que vai dar inicio à implantação do que seria um verdadeiro canteiro de obras que, segundo ele, irá impulsionar definitivamente o desenvolvimento do município.

As obras estão previstas para ser executadas no imenso terreno de propriedade da prefeitura da municipal, entre os bairros Taquari e Jurema, local que vinha sendo usado como campo de pouso para aviões de pequeno porte. A planta prevê a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), cujas obras já foram iniciadas, prevê ainda a construção do Centro Administrativo do Município, uma Unidade de Pronto atendimento (UPA), Praça da Juventude, sede da 46ª CIPM, o novo Complexo Policial de Livramento, além de obras de infraestrutura e urbanização.

A necessidade das obras que, se concretizadas, poderão impulsionar o progresso do município em nível de infra-estrutura urbana parece evidente, porém, o gestor municipal tem uma dura batalha pela frente entre sua administração e seus opositores. Segundo o Gestor “a oposição administrou por oito anos o município, nada fez, agora torce contra o progresso e o desenvolvimento de Livramento [...] os adversários têm tentado de forma veemente atrapalhar o progresso do município e seguem prejudicando a população mais carente. Nós não viemos nos curvar, nós viemos conquistar e lutar pelo progresso de Livramento”, disse o Prefeito. 


A polêmica começou quando a prefeitura iniciou a fundação e alicerce da Unidade Básica de Saúde, na cabeça da pista de pouso (vide foto). Depois disso, o ex-prefeito Carlos Roberto Souto Batista teria iniciado em sua página na rede social uma campanha e disponibilizado um abaixo-assinado, a princípio, contra a inativação daquela pista de pouso, entrando de vez em rota de colisão com os planos do atual gestor.  Para o ex-gestor o Campo de Avião está ativo e que a obra que foi iniciada ofece risco para pilotos e tripulantes de aeronaves que decidam utilizar aquela pista de pouso. 


Por outro lado, o prefeito Paulo Azevedo afirma que o Campo de Avião está interditado há alguns anos, e estava há muito tempo abandonado, servindo como depósito de lixo, criação irregular de animais, pista de treinamento de auto escola, esconderijo de traficantes e ponto de encontro de andarilhos, que até então não trazia benefício nenhum para a população “o próprio ex-prefeito quando adoeceu usou o campo de avião da cidade de Rio de Contas, e isso foi na gestão dele, não moveu uma palha para beneficiar o local, agora quer de forma rancorosa atrapalhar o nosso projeto. Nós vamos reaproveitar aquela área, a cidade precisa crescer para melhorar a qualidade de vida de sua gente”, explicou o Gestor.

O prefeito teria viajado para Salvador, onde deverá se reunir, nesta terça-feira (07), com autoridades da esfera estadual, a fim de resolver a questão politicamente e poder dar sequencia ou não ao projeto piloto do seu governo.  


Nosso comentário:

Tomara que esse imbróglio se resolva da melhor forma possível, para que a cidade não saia prejudicada mais uma vez, quem está certo ou errado não importa mais, o fato é que a cidade está estagnada já faz tempo, mas ganha proporções gigantescas quando o assunto é disputa política. A cidade apresenta sinais de cansaço quando o assunto é disputa pelo poder, sempre as mesmas picuinhas, e isso só gera prejuízos para o municipio, é preciso mudar forma de fazer política ou a cidade fica para trás. Fora esses imbróglios, o projeto do governo municipal parece ser bom para a população, e, se for para o desenvolvimento da cidade, que saia do papel, pois o município tenta sair de uma crise econômica e seria uma forma de injetar dinheiro em sua economia, criando frentes de trabalho, gerando emprego e renda para a sua população pobre. É assim que o poder público incentiva a economia quando esta não vai lá muito bem, assim, acabou-se a época de esperar somente pela iniciativa privada quando a economia não vai bem.  


Do L12 Notícias
Contato:[email protected]

 

Foto da planta do projeto no Campo de Pouso de Livramento.
 

 
Tag(s): Complexo Policial de Livramento, Economia, Livramento de Nossa Senhora, Paulo César Cardoso de Azevedo, Rio de Contas, Taquari, Unidade Básica de Saúde (UBS)
 
 
(21) comentário(s)
 
 
comentários
 
Livramento: Moradores do Beira Rio ironizam falta de pavimenta??o em ruas com faixa
Ana Renata Souza
Isso mesmo que outros bairros siga o exemplo fa?a o mesmo, Parab?ns.
 
Livramento: Moradores do Beira Rio ironizam falta de pavimenta??o em ruas com faixa
Rose Azevedo
temos que colocar uma placa dessa em todos os bairros que eles prometeram e nao calcaram aqui no taquari...
 
Livramento: Moradores do Beira Rio ironizam falta de pavimenta??o em ruas com faixa
Mateus Fagundes
Preocupar n?o 2020 ? ano de elei?es , ? a hora de d? o troco ..kkk
 
Livramento: Moradores do Beira Rio ironizam falta de pavimenta??o em ruas com faixa
Ciro Ramon
O certo mesmo era fazer uma a??o p?blica pelo MP
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2020. Todos os direitos reservados.
 [email protected]