publicidade
publicidade
 
 
 
 
publicidade
 
 
l12 imagens
 
 
publicidade
 
Resultado da busca pela tag "unidadebasicadesaude(ubs)":
07.Jan.2014 | 04:48
 
Imbróglio ameaça execução de canteiro de obras no terreno do Campo de Avião
 

Construção da UBS irá beneficiar diretamente as comunidades dos bairros Taquari, Piçarrão, Benito Gama e Jurema, segundo o governo o municipal. (foto: L12 Notícias).
 

Com recursos já garantidos, o prefeito municipal de Livramento de Nossa Senhora, Dr. Paulo Cesar Cardoso de Azevedo, garante que vai dar inicio à implantação do que seria um verdadeiro canteiro de obras que, segundo ele, irá impulsionar definitivamente o desenvolvimento do município.

As obras estão previstas para ser executadas no imenso terreno de propriedade da prefeitura da municipal, entre os bairros Taquari e Jurema, local que vinha sendo usado como campo de pouso para aviões de pequeno porte. A planta prevê a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), cujas obras já foram iniciadas, prevê ainda a construção do Centro Administrativo do Município, uma Unidade de Pronto atendimento (UPA), Praça da Juventude, sede da 46ª CIPM, o novo Complexo Policial de Livramento, além de obras de infraestrutura e urbanização.

A necessidade das obras que, se concretizadas, poderão impulsionar o progresso do município em nível de infra-estrutura urbana parece evidente, porém, o gestor municipal tem uma dura batalha pela frente entre sua administração e seus opositores. Segundo o Gestor “a oposição administrou por oito anos o município, nada fez, agora torce contra o progresso e o desenvolvimento de Livramento [...] os adversários têm tentado de forma veemente atrapalhar o progresso do município e seguem prejudicando a população mais carente. Nós não viemos nos curvar, nós viemos conquistar e lutar pelo progresso de Livramento”, disse o Prefeito. 


A polêmica começou quando a prefeitura iniciou a fundação e alicerce da Unidade Básica de Saúde, na cabeça da pista de pouso (vide foto). Depois disso, o ex-prefeito Carlos Roberto Souto Batista teria iniciado em sua página na rede social uma campanha e disponibilizado um abaixo-assinado, a princípio, contra a inativação daquela pista de pouso, entrando de vez em rota de colisão com os planos do atual gestor.  Para o ex-gestor o Campo de Avião está ativo e que a obra que foi iniciada ofece risco para pilotos e tripulantes de aeronaves que decidam utilizar aquela pista de pouso. 


Por outro lado, o prefeito Paulo Azevedo afirma que o Campo de Avião está interditado há alguns anos, e estava há muito tempo abandonado, servindo como depósito de lixo, criação irregular de animais, pista de treinamento de auto escola, esconderijo de traficantes e ponto de encontro de andarilhos, que até então não trazia benefício nenhum para a população “o próprio ex-prefeito quando adoeceu usou o campo de avião da cidade de Rio de Contas, e isso foi na gestão dele, não moveu uma palha para beneficiar o local, agora quer de forma rancorosa atrapalhar o nosso projeto. Nós vamos reaproveitar aquela área, a cidade precisa crescer para melhorar a qualidade de vida de sua gente”, explicou o Gestor.

O prefeito teria viajado para Salvador, onde deverá se reunir, nesta terça-feira (07), com autoridades da esfera estadual, a fim de resolver a questão politicamente e poder dar sequencia ou não ao projeto piloto do seu governo.  


Nosso comentário:

Tomara que esse imbróglio se resolva da melhor forma possível, para que a cidade não saia prejudicada mais uma vez, quem está certo ou errado não importa mais, o fato é que a cidade está estagnada já faz tempo, mas ganha proporções gigantescas quando o assunto é disputa política. A cidade apresenta sinais de cansaço quando o assunto é disputa pelo poder, sempre as mesmas picuinhas, e isso só gera prejuízos para o municipio, é preciso mudar forma de fazer política ou a cidade fica para trás. Fora esses imbróglios, o projeto do governo municipal parece ser bom para a população, e, se for para o desenvolvimento da cidade, que saia do papel, pois o município tenta sair de uma crise econômica e seria uma forma de injetar dinheiro em sua economia, criando frentes de trabalho, gerando emprego e renda para a sua população pobre. É assim que o poder público incentiva a economia quando esta não vai lá muito bem, assim, acabou-se a época de esperar somente pela iniciativa privada quando a economia não vai bem.  


Do L12 Notícias
Contato:sai@l12.com.br

 

Foto da planta do projeto no Campo de Pouso de Livramento.
 

 
Tag(s): Complexo Policial de Livramento, Economia, Livramento de Nossa Senhora, Paulo César Cardoso de Azevedo, Rio de Contas, Taquari, Unidade Básica de Saúde (UBS)
 
 
(21) comentário(s)
 
comentários
 
Morre Beto Aliba morador livramentense bastante popular na cidade
Sandra Teixeira
Meus sentimentos a todos os familiares!
 
Wilson Witzel sofre impeachment e perde direitos por cinco anos
Valdevino Fulgencio
Pois é, e os deuses do STF mandam abrir CPI pra investigar o governo Federal.
 
Brumado: Ossada humana encontrada ontem deverá seguir para Salvador para tentativa de identificação
Familia
Minha tia MARIA JOAQUINA MARQUES está desaparecida há quase 1 ano nessa região. Até hoje não temos qualquer...
 
Áudio acusa prefeito de Livramento de ser dono de máquinas que prestam serviço na prefeitura; denúncia chegará ao MP
Lauz Caetano
Se investigar mesmo, se houver lei e houver Ministério Público para apurar se isso realmente procede,...
 
 
 
publicidade
 
 
arquivos
 
 
 
 
L12 Notícias © 2010-2021. Todos os direitos reservados.
 sai@l12.com.br